Ir para conteúdo
Siscomex - Comércio Exterior

Atirador Desportivo

Membros
  • Total de itens

    2
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Atirador Desportivo

  • Rank
    Recém-chegado

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Estado
    Alagoas
  • Perfil
    Pessoa física regular

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Atirador Desportivo

    Importação de Produto Controlado pelo Exército

    Antes fazia o pagamento dos tributos normalmente pelo ambiente Minhas Importações, nos correios, que aumentou, desde o ano passado; o limite de U$500 para U$3000, porém, ao que foi falado, para a RF, por se tratar de produto controlado, precisa disso. Não confirmei ainda.
  2. Atirador Desportivo

    Importação de Produto Controlado pelo Exército

    Senhores, senhoras, antes de tudo agradeço o espaço e a disposição em retirar minhas dúvidas. Eu sou atirador desportivo e trabalho fazendo o processo para a aquisição/importação de produtos controlados pelo Exército Brasileiro, mais especificamente para Equipamentos de Recarga de munições. O que eu normalmente faço: Peço autorização ao Exército através do Certificado Internacional de Importação; Após deferido, compro o equipamento para meu cliente e o importo para o Brasil. Quando o equipamento chega aqui, normalmente entra pelo Rio de Janeiro, vai para Desembaraço Alfandegário, e até isso eu fazia, pois enviava o requerimento e toda a documentação para a SFPC/1, eles analisavam, liberavam para tributação, meu cliente pagava os impostos e o equipamento chegava em sua casa. Hoje, parece que estão cobrando um tal de "desembaraço formal", que exige a habilitação RADAR, SISCOMEX, essas coisas que eu realmente não entendo, mas isso somente para a liberação do produto, nada demais. Como proceder nessa situação? Posso fazer isso pelos meus clientes sem precisar de um despachante aduaneiro, visto que é só para liberação do produto?
×