Jump to content
Siscomex - Comércio Exterior

JZG_Pedro

Membros
  • Content Count

    10
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About JZG_Pedro

  • Rank
    Iniciante

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Estado
    Maranhão
  • Perfil
    Pessoa física regular

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Gustavo, Novamente, obrigado mesmo pela ajuda. Então devo ter escolhido DAP errado, na LI.. posso retificar Enfim, eu simplesmente paguei 149,95 nas mercadorias e 62 no frete. Em qual categoria isso se encaixa?
  2. O tipo de produto também não influencia? Estou numa luta para finalizar dois processos, produtos controlados pelo Exército, com todo o jeito e cara de consumo próprio, e está sendo apenas via LI / DI.
  3. Gustavo, Quanto à multa, estou sabendo agora. Pagarei para ter logo o produto, mas COM CERTEZA entrarei na justiça contra o Exército / RFB, pois desde o começo do processo junto ao Exército não há QUALQUER menção a LI. Muita gente trouxe coisa de fora "apenas" com CII deferido, gente até que nem é CAC (não tem registro de atirador). Absurdo isso. Enfim, continuo sem entender a discrepância do VMLE, pois parece estar igual à da LI ( 149,95 dólares). ExtratoLI_EVIKE_DEFERIDA.pdf
  4. Gustavo, Obrigado, novamente! Sobre a CII ser solicitada pelo Siscomex, acho que você está errado.... continua sendo pelos Correios, diretamente ao Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados - DFPC, em Brasília. Bem uns 2 ou 3 meses para analisarem. Lembrando que a pessoa precisa ser atirador registrado, ter CR. Falam que é possível importar arma elétrica sem CR, mas eu duvido muito que dê certo, frente ao caos atual. Na realidade, essa complicação toda aqui nem ocorria, antes. A galera pedia o CII, e este bastava para importar o produto e fazer todos os trâmites legais. Ninguém mexia com LI, DI, etc....mas enfim, agora mudou, a RFB tá em cima perturbando, ninguém entende nada (RFB, DFPC e SFPCs locais), o usuário entende menos ainda; mas vamos tentando nos achar. Como falei no post anterior, estou empacado na DI ( parece que há uma resolução vetando DSI para esse tipo de produto, e também, ao tentar fazer uma DSI, vi que é impossível vinculá-la a um LI completa). Quanto a contratar um despachante, acho um absurdo. Com todo o respeito ao trabalho de vocês, mas a pessoa física tem o direito de ter acesso a informação minimamente simplificada e fazer tudo sozinha, recorrendo ao despachante apenas se quiser se dar ao luxo de não ter trabalho. Ademais, ninguém está cobrando menos de 1000 reais para um simples preenchimento de DI; sendo que a mercadoria em si é metade desse valor. Abs Pedro
  5. Preenchi todas as informações sobre valores da mercadoria e frete em dólar dos EUA, no código 220. Tudo aparentemente correto... não entendo o erro.
  6. Obrigado, Gustavo! Sobre isso do banco, realmente não tive nenhuma resposta do gerente, e nem vi qualquer opção disso. De qualquer forma, já compreendi aqui que isso será após solicitação e registro da DI, certo? Agora estou empacado em conseguir registrar a DI - consegui que a 1a Região Militar (Rio, a carga está presa no Galeão) entendesse a situação e deferisse minha LI. Ao tentar registrar a DI, recebo mensagem de erro dizendo que o VMLE está diferente do calculado pelo sistema. Não faço ideia do que pode estar errado, já chequei várias vezes, preenchi tudo de acordo com a nota fiscal.
  7. Oi Brandon. Acho que a modalidade de frete não tem nada a ver com as limitações de importação. O que pega mesmo, penso eu (não sou profissional), é o valor total e o tipo de produto (controlado? Sim ? Por quem?). O que falam é isso mesmo, que abaixo de 50 dólares não tem bronca; mas estará sujeito à análise subjetiva do fiscal para dizer se o seu produto realmente está cotado abaixo de 50 dólares ou não.
  8. Como faço para cadastrar conta corrente no radar / siscomex? Pessoa física, consumo próprio. Não existe essa informação em lugar algum, e os correios / Receita não querem liberar minha mercadoria (Já com LI deferida, produto controlado pelo Exército) sem que eu pague os impostos dessa forma (com conta cadastrada no siscomex).
  9. Meu amigo, estou na EXATA mesma situação que você. Pedi ajuda e ninguém aqui respondeu também. Agora que achei seu tópico. No meu caso, estou trazendo armas de pressão, mas acaba sendo praticamente o mesmo tratamento de armas de fogo. Sou CAC e fiz tudo certinho também ( CII, pedido de desembaraço); só que o DFPC não cita ABSOLUTAMENTE NADA sobre essa novela toda de LI /Radar / Siscomex / RFB. A galera que importou antes certamente não fez nada disso, porque ninguém cita. Enfim, fiz minha habilitação nessa coisa toda, consigo entrar no programinha do Siscomex e solicitar LI / DSI etc, mas agora os correios dizem que fora a LI deferida (já está), eu preciso enviar também o pagamento de impostos. Preciso ter uma conta corrente cadastrada no Siscomex / Radar, mas não faço A MENOR ideia de como se faz isso; varri a internet procurando, pedi ajuda aqui, e nada. Em que pé você está?
  10. Prezados, Como faço para cadastrar uma conta bancária no SISCOMEX, para pagar tributos??? Essa é a requisição atual da RFB para mim, e NÃO FAÇO IDEIA de como fazê-lo! Não está escrito em lugar algum, e não vejo links no login / módulo do SISCOMEX, para solicitações (LI, DSI, etc). Estou há quase dois anos com processos de importação de airsoft (armas de pressão) junto ao Exército e a TERRÍVEL Receita Federal, que marginaliza o consumidor final, a pessoa física, a níveis quase criminosos. Estou há um passo de entrar com processo judicial. Isso aqui não tem direito de ser uma fábrica de dificuldades, cujos caminhos / facilidades permanecem irracionalmente obscuros, escondidos, não-ditos, para quem é consumidor final. Enfim, desculpem o desabafo, mas estou no limite. Agradeço qualquer ajuda. Att. Pedro
×
×
  • Create New...