MaiconDespachanteAduaneiro

Premium
  • Total de itens

    512
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    70

MaiconDespachanteAduaneiro last won the day on October 2

MaiconDespachanteAduaneiro had the most liked content!

Reputação

87 Excelente

5 Seguidores

Sobre MaiconDespachanteAduaneiro

  • Rank
    Mestre do Fórum!

Contact Methods

  • Website URL
    http://www.simalog.com
  • Skype
    maiconsima

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Estado
    São Paulo
  • Cidade
    Limeira
  • Perfil
    Despachante Aduaneiro
  • Empresa
    SIMA Logistics

Últimos Visitantes

1.955 visualizações
  1. Os auditores fiscais da Receita Federal que atuam no Porto de Santos aprovaram a operação Desembaraço Zero a partir da próxima segunda-feira. Além disso, caso o acordo salarial da categoria não seja aplicado até o próximo dia 31, haverá greve a partir de 12 de novembro. No setor, há o temor de que, com a aproximação do Natal, o desembarque de produtos sofra atrasos e os exportadores recorram ao transporte aéreo para fugir dos custos excedentes. De acordo com o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais (Sindifisco), cada dia de paralisação na Alfândega do Porto de Santos causa um atraso do recebimento de R$ 100 milhões em impostos federais. Além disso, há um acúmulo de cerca de 3 mil contêineres, que ficam represados no complexo. Cargas que normalmente são desembaraçadas em 24 horas poderão ter de esperar até cinco dias pela autorização. A operação Desembaraço Zero prevê somente a liberação de cargas consideradas essenciais, como remédios, insumos hospitalares, animais vivos e alimentação de bordo para tripulantes de navios. No entanto, os outros setores da Alfândega, como atendimento ao público, funcionam, o que não acontecerá se for deflagrada a greve no mês que vem. Nas delegacias da Receita Federal, responsáveis pela arrecadação de tributos, passará a vigorar a operação Meta Zero. Nela, os auditores fiscais executam serviços que correspondem aos 30% mínimos necessários por setor, além de outras demandas definidas como prioritárias pela lei. Para o diretor-executivo do Sindicato das Agências de Navegação Marítima do Estado de São Paulo (Sindamar), José Roque, o consumidor final será o mais prejudicado com as paralisações, pois os custos adicionais serão incorporados aos preço das cargas. “Isso pode provocar o encalhe de determinados produtos sazonais ou então obrigar o importador a reduzir o seu ganho para não encalhar o seu produto”, explicou. O executivo destaca que as paralisações inviabilizam a garantia dos compromissos assumidos por exportadores e importadores, o que gera perda de credibilidade do País. Fonte: A Tribuna
  2. Ola Carlos Eduardo, bem vindo Com certeza irá agregar, pois classificação fiscal sempre exige muito conhecimento e conforme sabemos, a mesma pode ser o detalhe que separa o sucesso do caos! Abcs,
  3. Prezado,

    Estamos começando a importar produtos agora, inicialmente pelo Importa Fácil para entender bem o processo. Tenho duas questões: Loja que expões seu produtos em sítios como amazon.com, fornecem invoice para PJ para que a importação possa ser feita?

    E a outra: em caso de importação formal, para fazer o desembaraço é necessário comparecer ao RJ, SP ou PR? É feito atraves do siscomex ou depende do canal que cair? (É só uma dúvida mesmo, pretendemos contratar alguma assessoria).

    Grato pela atenção.

  4. Ola Dimas, Independente da origem, sendo usada será necessário obter a L.I - Licença de Importação prévia. É possível sim, porém é um processo mais burocrático e demorado. Fazer a operação pelo Paraguai não irá facilitar em nada. Abcs,
  5. Ola Fabio, Para operar no comércio exterior com a finalidade comercial você irá necessariamente precisar de uma empresa aberta (CNPJ) e a mesma deverá ter habilitação no Radar. Do contrário poderá encontrar problemas, principalmente se for fazer em nome de pessoa física, cuja qual é vetada operação de importação para fins comerciais. Abcs,
  6. Ola Christiano, Voce precisará emitir uma Commercial Invoice em EUR ( a mesma equivale a Nota Fiscal, pois nossa NF não tem validade no exterior ), pois do contrário a empresa Espanhola terá dificuldades em fazer o pagamento junto ao banco dela. Notar que esta operação deve ser registrada no Siscoserv (Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio). Abcs,
  7. Ola pessoal, Segue abaixo algumas dicas básicas para quem deseja operar pelo Importa Fácil: Os correios podem apenas promover o despacho de mercadorias que não estão sujeitas a licença de importação Os correios só fazem o despacho aduaneiro simplificado usando o regime de tributação simplificada (RTS) e a incidência de impostos será de 60% de Imposto de Importação + o ICMS (conforme cada estado) Os impostos são cálculados sobre a base "CIF" , ou seja, valor da mercadoria + frete internacional + seguro internacional (quando este for contratado). Cuidados que devem ser tomados para uma operação sem problemas: Pessoas físicas não devem importar mercadorias com finalidade comercial (essa é clássica!) Cuidado para não importar algum produto que necessite de licença de importação Instruir corretamente o fornecedor para que o mesmo não envie a remessa por uma empresa na origem que não opere junto ao sistema dos Correios/Importa Fácil Não importar acima do valor limite permitido (USD 3.000,00 - ou o equivalente em outra moeda - considerando a base CIF, onde soma-se os valores de Produto+Frete+Seguro Solicitar a documentação correta que deve acompanha a remessa e servirá como base para instruir o despacho aduaneiro (Commercial Invoice, Packing List) Classificar corretamente a mercadoria, de acordo com a tabela TSP Abcs,
  8. TsP

    Ola, Para acessar a tabela de classificação TSP (TABELA SIMPLIFICADA DE DESIGNAÇÃO E DE CODIFICAÇÃO DE PRODUTOS ): https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=5&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwjuwKiY37jWAhVJEZAKHcPnC_gQFgg9MAQ&url=http%3A%2F%2Fwww.receita.fazenda.gov.br%2FPublico%2FLegislacao%2FIns%2F2006%2FAnexo8INSRF611.odt&usg=AFQjCNE2yUC3xg0KlkLMYC6Rjb6OG4t9cQ Abcs,
  9. Ola, Creio que essa não seja a função do fórum. Recomendo a leitura sobre importação formal, habilitação radar, e por aí vai... Abcs,
  10. Ola Leonam, A área de Comex é muito vasta, seria interessante primeiramente escolher qual um segmento para poder aí escolher o tema, cito alguns deles abaixo: Acordos Comerciais / Blocos Economicos Logística Internacional Tributos Aspectos Jurídicos Internacionalização de Empresas Abcs,
  11. Como em qualquer outra profissão ou segmento existem prestadores caros, baratos, excelentes e medíocres. O momento da contratação de um despachante é um ponto crucial no processo, sendo assim busquem referências, saber à quanto tempo o profissional esta no ramo, se o mesmo tem a devida experiência no tipo de processo desejado (o comércio exterior é um universo, são inúmeras legislações e particularidades para cada tipo de operação). Com certeza o profissional que atuará na liberação será um dos fatores principais entre o sucesso ou o desastre. Tenho notado no mercado que devido a crise existem diversos prestadores cobrando preços simbólicos para pegar o serviço, porém a atenção despendida no processo é pequena pois o mesmo precisa operar uma montanha de processos para poder lucrar algo, uma vez que cobra pouco. As dicas que posso dar além de pesquisar muito bem para a escolha do despachante é: Procurem entender preliminarmente as etapas do processo e qual o tempo estimado de cada uma (um bom despachante não se recusará em informar), assim você poderá acompahar melhor o andamento e prazos, se algo sair muito fora poderá questionar; Solicite cópia de todos os documentos no decorrer do processo (Declaração de Importação, Guia de ICMS ou de exoneração, Invoice, Packing List, Conhecimento de Embarque, etc) Acompanhe o andamento da liberação da carga pelo Siscomex, lá você podera ver quando a DI foi registrada, canal de parametrização, exigências e desembaraço. Mantenha contato com o terminal onde o lote da mudança internacional esta armazenado, assim poderá acompanhar os períodos de armazenagem, prazos e valores. Observar também que bons profissionais fazem contratos onde constam além do objeto da prestação as responsabilidades de cada parte, isso é fundamental. PS: A grande maioria dos colegas de profissão que conheço cobram pelo serviço apenas quando concluído. Abraços e fico à disposição em que puder ajudar,
  12. Ola, Pode sim ser simples nacional, o mais importante é se habilitar ao radar, Ok? Notar que na exportação não incide impostos ( ICMS, PIS, COFINS, IPI ). Quanto ao processo de exportação, apenas precisa checar se o veículo será embarcado com bateria, combustível e óleo lubrificante, se sim, as cias. marítima poderão classificar como carga IMO (perigosa), onde o valor do frete será mais alto... Do mais, precisa dar baixa no Renavam. PS: Veículos geralmente são embarcados em 01 container de 20´ pés com uma boa amarração para que não se movimentem. Abcs,
  13. Ola, Por isso a necessidade de fazer uma análise/estudo prévio antes de importar. É necessário checar as necessidades de LI, taxas anti-dumping, valores mínimos, proibições, barreiras técnicas, etc, do contrário o importador ficará sujeito à multas e até perda da mercadoria. Abcs,
  14. rolex

    Detalhe no rodapé do próprio website: "AVISO LEGAL Ao abordar questões financeiras, de qualquer um dos nossos produtos, sites, vídeos, depoimentos ou outros conteúdos, fazemos todos os esforços cabíveis e, em especial através da nossa equipe de suporte e pós-venda, de forma a garantir que os conteúdos aqui abordados representem fielmente o nosso curso digital e sua capacidade educacional dentro do âmbito da importação legalizada, prezando pela lei e direitos constitucionais de todo e qualquer cidadão brasileiro. No entanto, a ACADEMIA DO IMPORTADOR não garante que você conseguirá obter quaisquer resultados usando qualquer uma de nossas ideias, ferramentas, estratégias e recomendações, e nada em nossos Sites é uma promessa ou garantia para você obter sucesso nas importações. VOCÊ CONCORDA QUE O USO OU INCAPACIDADE DE USO DO PRODUTO É POR SUA CONTA E RISCO. Ao adquirir o produto, você aceita, concorda e entende que você é totalmente responsável por seu progresso e resultados de sua participação e que nós não oferecemos nenhuma representação, garantia ou garantias verbalmente ou por escrito sobre seu desempenho no aprendizado ou resultados de qualquer tipo. Você é o único responsável por suas ações e resultados na vida e negócios que dependem de fatores pessoais, incluindo, mas não necessariamente limitado a, a sua habilidade, conhecimento, habilidade, dedicação, conhecimento de negócios, rede e situação financeira, para citar apenas alguns. Você também entende que qualquer depoimento ou aprovações emitidas por nossos clientes ou público representado em nossos sites, conteúdo, páginas de destino, páginas de vendas ou ofertas não foram avaliadas cientificamente por nós e os resultados experimentados pelos indivíduos podem variar significativamente. Quaisquer declarações descritas no nosso websites, programas, conteúdos e ofertas são simplesmente nossa opinião e, portanto, não são garantias ou promessas de desempenho real. Nós não oferecemos assessoria jurídica, médica, psicológica ou financeira profissional."
  15. rolex

    hehehe estas fórmulas que o pessoal tentam vender são um barato... basta uma simples análise no texto do site que já da para ver erros conceituais graves... recomendo cautela, busquem informações em fontes confiáveis, regulamento aduaneiro e profissionais qualificados, cuidado com fórmulas mágicas que prometem facilidade e ganhos acima da média. Podem ter certeza que se alguém tiver a fórmula de como ganhar um bom dinheiro de forma fácil, não vai vendê-la à troco de banana! Abcs,