Jump to content
Siscomex - Comércio Exterior

Search the Community

Showing results for tags 'Receita Federal'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Comércio Exterior
    • Exportação e Comércio Exterior em Geral
    • Importação
    • Anúncios
    • Notícias
    • Geral, Off-Topic
    • Assuntos diversos de Comércio Exterior
  • Comunidade
    • Regras do fórum
    • Comunicados e Informações da Administração
    • Ajuda sobre o fórum

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Twitter


Cidade


Empresa

Found 9 results

  1. Estou tentando fazer o Cadastro de Representante Legal para importar e/ou exportar no site da receita. Contudo, ao tentar acessar meu certificado digital, aparece a seguinte mensagem: Falha no Processo de logon no Senha Rede: Usuário não habilitado na aplicação solicitada Data Alguém já passou por esse problema? Como posso resolvê-lo?
  2. Olá amigos do Fórum, estou iniciando minhas atividades como importador, acabo de me habilitar no RADAR. já sei em qual nicho e produtos irei trabalhar, já entrei em contato com o fornecedor chines e acertamos os detalhes. Porém como eu pedi para o fornecedor personalizar alguns detalhes para mim em relação ao produto original, como cor, textura, logo e etc., eu pedi para ele me enviar via courier (DHL) 30 pcs do produto para eu checar como ficou cada personalização. até aí tudo bem..... Porém, ele me disse que a DHL não podia me enviar a mercadoria para o Brasil porque o produto possuía bateria e a courier não envia esse tipo de mercadoria. A solução dada pelo chinês foi o envio dos produtos via EMS.... Mas me surgiram dúvidas, e assim eu vim aqui pedir a ajuda de vocês para me ajudar a responde-las, então vamos lá: 1-Eu posso receber amostras no brasil via ems? ou seja os correios tem esse tipo de serviço? pergunto isso, pois todas as vzs que escuto falar em importação de mercadorias eu escuto falar em empresas de courier e não nos correios/EMS... 2-Como irá ocorrer o desembaraço dessa mercadoria, será por meio do importa fácil utilizando uma DSI? ou será um desembaraço mais simples por meio da nota de tributação simplificada chamada de NTS? pergunto isso, pois sei que a NTS só pode ser usada quando a natureza da mercadoria não é comercial, o que teoricamente iria incluir amostras. porém como sou empresa não sei se poderia me beneficiar do uso da NTS.... 3-Como o pessoal da Receita Federal classifica uma mercadoria como sendo amostras ou para revenda quando é utilizado os correios? sei que quando é utilizado a courier isso ocorre logo no início do desembaraço e a courier não não pode interferir na classificação da receita, também é dessa forma quando se trata dos correios? Obrigado pela colaboração de todos vocês amigos, espero que juntos possamos acabar com essas dúvidas. Abraço a todos!
  3. Ola pessoal, Especial atenção à Instrução Normativa RFB n.º 1603 que altera consideravelmente os procedimentos para habilitação no radar ! Abcs,
  4. MaiconDespachanteAduaneiro

    App de Importação - Grátis

    Este app foi idealizado e desenvolvido pela equipe de importação da Sima Logistics® para fornecer suporte às empresas que desejam ingressar no Comércio Exterior realizando processos de Importação com segurança, através de um parceiro experiente e confiável. Baixe Grátis em seu smartphone ou acesse via desktop: http://galeria.fabricadeaplicativos.com.br/importacao_-_manual O manual compreende os seguintes assuntos: 1 - AMOSTRAS 2 - DESPACHO ADUANEIRO 3 - CANAIS DE PARAMETRIZAÇÃO 4 - DOCUMENTOS 5 - FORMAS DE PAGAMENTO 6 - TRIBUTAÇÃO 7 - LICENÇA DE IMPORTAÇÃO 8 - CLASSIFICAÇÃO FISCAL 9 - VALOR ADUANEIRO 10-ÓRGÃOS ANUENTES 11-PERDIMENTO 12-INCOTERMS 13-SISCOMEX E NOVOEX 14-RADAR Baxie grátis hoje mesmo!
  5. Olá estou querendo iniciar na atividade de vendas de vinhos, e gostaria de saber o que eu preciso detalhadamente para conseguir as licenças, quais sao elas? Empresa responsavel em conseguir estas licenças? Como funciona os tramites legais junto a receira e ministerio da agricultura. Aguardo e espero que possam me ajudar.
  6. Pessoal, O motivo principal deste tópico é iniciar um debate e escutar as experiência de quem já esteve envolvido em algum episódio similar. Apensar dos preços internacionais serem tentadores, no Brasil não é permitido que pessoa física faça importação para comércio. A Legislação é clara ao dizer que 'A pessoa física somente poderá importar mercadorias em quantidades que não revelem prática de comércio, desde que não se configure habitualidade'. Mesmo assim, várias pessoas aventuram-se em importar pelos Correios e revender tais produtos em lugares como Mercado Livre, ou colocando em sites próprios. Todas, sem exceção, estão incorrendo em crimes tributários. E para quem milita no Comércio Exterior sabe que isto é passível de denúncia pelo Ministério Público. Mas isto não para por aí. O pior são os cursos oferecidos pelo Youtube, em cria a falsa ilusão de que a importação e revenda por pessoa física é fácil e rotineira. E o interessado, na visão destes, pode ganhar até duas ou três vezes mais, fugindo dos representantes locais, e fazendo uma renda extra. Eu poderia citar vários pontos negativos em acreditar nestas falácias, mas o principal deles é o que a legislação administrativa do SECEX fala: se você é pessoa física, pode importar apenas para uso e consumo. Nada mais do que isto. Mas e se você for MEI? Bem, este é um assunto que ainda merece muitos estudos, em minha opinião. Apenas quatro estados (se não me engano) oferecem Inscrição Estadual para o MEI, e isto é uma condicionante para o RADAR em muitas Delegacias e Inspetorias da Receita Federal pelo Brasil. Porém, já li vários artigos neste fórum de pessoas que conseguiram e de pessoas que não conseguiram. Eu ainda advogo a ideia de que o MEI é incompatível com vários pontos de uma importação comercial, a começar pelo limite estipulado que o empreendedor individual possui, e também pelo fato de inexistir inscrição estadual. Complementar a isto, não está claro para mim que o MEI é contribuinte do IPI. Não sou (e não pretendo ser) dono da verdade. Ela é ampla e só é construída com o debate. Porém, fico assustado com a quantidade de mentiras que a internet solta a cada dia, e muitas pessoas que aventuram-se no mercado empreendedor, principalmente aquele por intermédio do comércio eletrônico, podem começar de forma errada e depois será difícil corrigir problemas fiscais, que poderiam ser evitados a partir de algumas consultas a espetas (de verdade) em contabilidade e legislação aduaneira. O ponto focal deste debate é saber se o MEI tem ou não direito a ser importador. Ser um Micro Empreendedor Individual o torna uma Pessoa Física importadora de Direito e de Fato? Questões tão cruciais para uma importadora, como Sped, Sintegra, Controle do Livro de IPI, poderão ser gerenciadas pelo MEI? A bola está com vocês.
  7. Gilberto Bara

    Demora no canal vermelho

    Pessoal, boa tarde. Primeiramente gostaria de dizer que sou novo no fórum mas já li muita coisa aqui, e muita coisa me ajudou! Resolvi me cadastrar para tirar essa dúvida, visto que não achei algo parecido por aqui. Eu tenho uma MEI, e fiz a minha primeira importação a mais ou menos um mês e meio. Ela veio por avião e atualmente está em guarulhos. Meu despachante disse que ela está aguardando a conferencia dos fiscais da receita. Mas essa situação já está assim a mais de um mês. Mais precisamente 35 dias corridos. No inicio da importação o despachante disse que o tempo médio seria de 15 dias, mas esse prazo já extrapolou a tempos, ele disse que era por causa do natal, enfim... E o pior é que agora ele não tem média de previsão nenhuma, e eu estou ficando maluco pois estou perdendo os clientes que eu tinha dado prazos. Além disso, não sei como ter acesso a nenhum controle em tempo real do andamento do processo. Gostaria de saber com o pessoal que já tem experiência sobre esse prazo de conferencia em guarulhos nessa época do ano, e em épocas fora do natal, etc. E se existe algum lugar lá no site da receita pra eu acompanhar o andamento do processo, onde as etapas se encontram, etc. Muito obrigado!
  8. Bom dia a todos, é meu 1° post, agradeço a vocês, pois o forum está de parabéns. A situação) Bom pessoal, estou para abrir minha loja online, essa loja irá de vender produtos personalizados, entre eles capas de celulares. No sistema que estou criando o cliente entra no site, monta sua capa, com fotos, texto, o que ele quiser, nossa empresa envia para ele depois de 1 dia. Loja exemplo seria a www.customic.com.br. Como no começo estaremos em divulgação, ganhar mercado, entrar no mercadolivre, ..., depois de ligar para diversas trading(me corrija se estiver escrito errado), e despachantes, o mais viável foi o importafacil, pois minha compras não ultrapassam as medidas de volume, peso e valores. Se der certo nossa, loja e for crescendo a necessidade de expandir iremos procurar os meios formais para trazer em maior quantidade. Duvida) Os produtos são em quantidade, cada capa me custa 1 dolar/unidade(capa especial, para temperaturas de 200°c), minha 1° compra foi 2000 mil unidades(tive que me humilhar para vendedora - compra minima são de 1000 unidades por modelo/ comprei 4 modelos 500 unidades cada). Frete, taxa paypal, moldes para impressão, resultou no valor final de R$ 2500 usd. Obs: 3 volumes 50 x 40 x 30 - peso final das caixas 36 kilos. * Correios Hoje - dia 31/10/2012, liguei para os correios, e a atendente me informou que eu posso enviar sem medo para meu endereço, utilizando o importafacil, endereçado para minha empresa, que em alguns dias estarei recebendo os produtos, pago as taxas, e tudo mil maravilhas *REceita federal de guarulhos * A atendente me informou: Se eu comprar esse produto nessa quantidade, ele será taxado pelo fiscal como para uso comercial, mesmo utilizando o importafacil, como pessoa juridica, declarando o valor, querendo pagar os impostos. Então poderá acontecer duas situações, uma seria a mercadoria ser apreendida e a outra seria devolvida para o remetente. Que a minha empresa comprando nessa quantidade teria que ter radar, está inscrita no siscomex, e no meu cnpj teria que constar como importadora. * Trading de Vitoria - ES -- Inviavel, valor pequeno Ela faz toda o tramite para mim, mas: Taxa para trading: 20% do valor - 500 usd Taxa para analise do produtos: 300 usd Taxa do aduaneiro: R$ 600,00 por desembaraço Impostos + Icms --------------------------------------------------------------------------------------------------------------- AS duvidas são) 1) Minha empresa de 6 anos de cnpj, loja fisica, não tem no ramo de atividade como importadora, terei que mudar os documentos para comprar pelo importafacil 2) Esse produto em questão que quero comprar, devido a quantidade, pode acontecer a situação que a atendente da receita federal me informou, que mesmo de valor baixo, tenho que trazer via importação formal ( com trading, ou minha empresa está habilitada) 3) Alguém já trouxe algum produto, que era em quantidade, mas estava nos parametros do correios, e teve problema ? Aguardo respostas de meus companheiros! Karina Azevedo, Fernando M, assim como outros que sempre estão no forum dando sugestões, tirando duvidas, explicando,..., agradeço a vocês se derem suas opnioes, Desde já agradeço a todos, obrigado. Elton Monteiro Loureiro
  9. Ola, Comprei para uso próprio, para presentear minhas filhas e parentes 10 peças de lingerie diversas, inclusive com diversos tamanhos e modelos (são corsets/espartilhos). A encomenda veio em nome de pessoa fisica. Tenho MEI, sou optante do Simples. Não pensei que fosse necessario que se fizesse o envio de pessoa juridica para fisica causaria tantos problemas. Para que nao tivesse atraso e chegasse antes do natal, pedi ao fornecedor (China) que enviasse por DHL. Essa seria a segunda vez que eu tinha comprado alguma coisa na China com serviço courrier. A primeira vez foi pela EMS e eu achei que havia demorado muito na Alfândega e por isso optei DHL. Quando a mercadoria chegou, foi descaracterizada pois entenderam que 10 peças nao poderiam ser para uso proprio. Existe alguma maneira de contestar essa descaracterização? Moro em Recife/PE e sinceramente, andei procurando despachantes via Internet e achei os custos muito altos para tentar fazer essa liberação. Entrei em contato com DHL e me disseram que eu teria que fazer uma carta de correção (de pessoa fisica para juridica), fazer habilitação no RADAR e mesmo assim, para liberar essa mercadoria, eu tenho que pagar um despachante ou viajar para São Paulo. Eu tenho como resolver isso através da Receita Federal em meu estado? O valor declarado da marcadoria seria apenas 39 dolares, pois é esse mesmo o valor das lingeries. Mesmo o frete saindo mais caro que a propria mercadoria, achei que seria um bom presente. No caso, quais sao minhas opções? Caso eu não faça a retirada dessa mercadoria em função dos altos custos de desembaraço e o pouco valor da mercadoria, eu teria algum problema?
×