Jump to content
Siscomex - Comércio Exterior

Search the Community

Showing results for tags 'correios'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Comércio Exterior
    • Exportação e Comércio Exterior em Geral
    • Importação
    • Anúncios
    • Notícias
    • Geral, Off-Topic
    • Assuntos diversos de Comércio Exterior
  • Comunidade
    • Regras do fórum
    • Comunicados e Informações da Administração
    • Ajuda sobre o fórum

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Twitter


Cidade


Empresa

Found 12 results

  1. Ola pessoal, Segue abaixo algumas dicas básicas para quem deseja operar pelo Importa Fácil: Os correios podem apenas promover o despacho de mercadorias que não estão sujeitas a licença de importação Os correios só fazem o despacho aduaneiro simplificado usando o regime de tributação simplificada (RTS) e a incidência de impostos será de 60% de Imposto de Importação + o ICMS (conforme cada estado) Os impostos são cálculados sobre a base "CIF" , ou seja, valor da mercadoria + frete internacional + seguro internacional (quando este for contratado). Cuidados que devem ser tomados para uma operação sem problemas: Pessoas físicas não devem importar mercadorias com finalidade comercial (essa é clássica!) Cuidado para não importar algum produto que necessite de licença de importação Instruir corretamente o fornecedor para que o mesmo não envie a remessa por uma empresa na origem que não opere junto ao sistema dos Correios/Importa Fácil Não importar acima do valor limite permitido (USD 3.000,00 - ou o equivalente em outra moeda - considerando a base CIF, onde soma-se os valores de Produto+Frete+Seguro Solicitar a documentação correta que deve acompanha a remessa e servirá como base para instruir o despacho aduaneiro (Commercial Invoice, Packing List) Classificar corretamente a mercadoria, de acordo com a tabela TSP Abcs,
  2. Olá, Sempre compro brinquedos colecionáveis nos EUA e utilizo um serviço de redirecionamento para fazer o envio. Dessa vez, minha caixa foi parar no Importa Fácil, sendo que o valor dos produtos não ultrapassam o limite de $500. Nunca contratei esse serviço e me recuso a pagar as taxa altas que eles cobram. Posso alegar alguma coisa junto aos correios já que não ultrapassou os $500? Concordo em pagar a tributação simples de 60%, mas não esse serviço de IF. Se não houver outro jeito, posso pedir o retorno da minha encomenda para o remetente? ps: Não queria os produtos fossem "perdidos".
  3. Olá amigos do Fórum, estou iniciando minhas atividades como importador, acabo de me habilitar no RADAR. já sei em qual nicho e produtos irei trabalhar, já entrei em contato com o fornecedor chines e acertamos os detalhes. Porém como eu pedi para o fornecedor personalizar alguns detalhes para mim em relação ao produto original, como cor, textura, logo e etc., eu pedi para ele me enviar via courier (DHL) 30 pcs do produto para eu checar como ficou cada personalização. até aí tudo bem..... Porém, ele me disse que a DHL não podia me enviar a mercadoria para o Brasil porque o produto possuía bateria e a courier não envia esse tipo de mercadoria. A solução dada pelo chinês foi o envio dos produtos via EMS.... Mas me surgiram dúvidas, e assim eu vim aqui pedir a ajuda de vocês para me ajudar a responde-las, então vamos lá: 1-Eu posso receber amostras no brasil via ems? ou seja os correios tem esse tipo de serviço? pergunto isso, pois todas as vzs que escuto falar em importação de mercadorias eu escuto falar em empresas de courier e não nos correios/EMS... 2-Como irá ocorrer o desembaraço dessa mercadoria, será por meio do importa fácil utilizando uma DSI? ou será um desembaraço mais simples por meio da nota de tributação simplificada chamada de NTS? pergunto isso, pois sei que a NTS só pode ser usada quando a natureza da mercadoria não é comercial, o que teoricamente iria incluir amostras. porém como sou empresa não sei se poderia me beneficiar do uso da NTS.... 3-Como o pessoal da Receita Federal classifica uma mercadoria como sendo amostras ou para revenda quando é utilizado os correios? sei que quando é utilizado a courier isso ocorre logo no início do desembaraço e a courier não não pode interferir na classificação da receita, também é dessa forma quando se trata dos correios? Obrigado pela colaboração de todos vocês amigos, espero que juntos possamos acabar com essas dúvidas. Abraço a todos!
  4. Olá Pessoal, Segue abaixo um link do meu Blog com uma publicação sobre " PERGUNTAS E RESPOSTAS - CORREIOS"! http://www.sosimportacao.com.br/2015/02/perguntas-e-respostas-correios.html Abraços! Carolina Macedo.
  5. Sou despachante aduaneiro, com mais de 10 anos de experiência na área. Já trabalhei em empresas de pequeno, médio e grande porte. Atualmente presto Assessoria Aduaneira para pessoas físicas e jurídicas, visando a facilitação das operações, através da comunicação e esclarecimento dos procedimentos! Temos parceiros despachantes, empresas importadoras e exportadoras em todo o Brasil, nos principais portos, aeroportos e fronteiras do país. Através do contato direto com o despachante, propiciamos a redução de custos de nossos clientes. Nos colocamos à disposição e esperamos realizar com todos os que entram em contato conosco, uma parceria de sucesso! Acessem o nosso site: www.kfcomex.com Saudações!
  6. Alerta: Fraudes e Ilicitudes no Comércio Eletrônico É crescente o número de fraudes e ilicitudes sendo praticados no meio eletrônico, incluindo as relações de comércio virtual. Inexistência do vendedor, falta de entrega do produto, emissão de nota fiscal falsa são alguns dos exemplos mais comuns dos crimes praticados. Desconfiar de preços muito atrativos (muito abaixo dos preços de mercado), de depósitos em contas-corrente de titularidade diferente do vendedor, como forma de pagamento dos valores negociados, bem assim de "indicadores" de avaliações dos vendedores em sites, pode ajudá-lo a realizar uma boa compra. É importante para o consumidor buscar o maior número de informações possíveis a respeito do produto e do vendedor, para garantir a segurança de sua operação. ATENÇÃO: Compras em lojas virtuais na internet. Os consumidores devem ficar atentos, pois algumas lojas virtuais estão oferecendo produtos, quando não verdade, não os possuem, de imediato, em estoque. Dessa forma, para atender a essa negociação, eles adquirem o referido produto no exterior e o envia direto para o comprador final, por meio de uma remessa postal internacional ou remessa expressa. Com isso, ao receber o produto, o consumidor ainda terá que pagar a tributação de importação, valor que não está incluído no preço do produto ofertado no site da loja virtual. Documentação Comprobatória Assim como em outras operações comerciais, as que envolvem o comércio eletrônico também necessitam de documentos que comprovem sua regularidade. No caso de produtos adquiridos no Brasil, a nota fiscal é o documento que indica quando a venda foi efetivada e quem é o responsável, além de comprovar a garantia, informar o tipo, modelo, marca, número de série e assegurar ao consumidor os seus direitos na hora de registrar reclamação junto aos órgãos de defesa do consumidor. Já para os produtos adquiridos no Exterior, o produto deve ser acompanhado da fatura comercial (INVOICE), com todas as informações da transação. Além disso, é importante alertar ao vendedor no exterior para que ele declare o valor correto da mercadoria, discriminando inclusive o valor do frete e do seguro, bem como apresente a descrição precisa dos bens, evitando a aplicação de penalidades. Avaliação do Vendedor Antes de finalizar uma compra, é essencial obter informações sobre o vendedor. Conhecer detalhes como a razão social, nome da empresa, número do CNPJ, endereço e telefone são importantes para verificação da existência e idoneidade da empresa. Fonte: www.receita.fazenda.gov.br Acesse o nosso site: www.kfcomex.com Email: comercial@kfcomex.com
  7. Liberamos bagagem desacompanhada em Santos e principais fronteiras do país. Trabalhamos no mercado há mais de 10 anos e temos experiência com esse tipo de processo.
  8. Aproveitando o início do ano, estamos tentanto ajudar todos os interessados em habilitar-se no RADAR. Trabalhamos também com uma Comercial Importadora e Exportadora que através de uma pequena comissão, poderá realizar a operação do cliente, enquanto o RADAR não é habilitado. Estamos a disposição através do e-mail: comercial@kfcomex.com
  9. Olá! Pessoal, vi que se importar até $ 500,00 não precisa de documentações extras, só pagar o imposto e taxas na guia emitida pelo correios e pronto. CORRETO? Então vamos lá, o produto que estou querendo importar para uso na empresa, possui o código NCM: 8471.30.11 Então pelo que vi ele, não possui imposto de importação, quer dizer que pagarei somente ICMS, e demais coisas? Ou seja, quase não pagarei imposto, correto? Mas, outra coisa, importando ate $ 500,00 . Será emitida as guias de impostos e não terá de ter desembaraço nem nada, correto? Então a pergunta é: Posso importar 3 pacotes de $ 400,00 de uma vez, que será a mesma coisa? Ou eles, mesmo sendo pacote separado, irão ver que é para o mesmo endereço e "juntar os pacotes" e querer desembaraço formal? Muito obrigado pessoal!
  10. Olá pessoal, Sou estudante em Sampa estudando economia, e estou avaliando o custo de enviar pen drives pelos correios para clientes em domicílio no Brasil inteiro. Sei que o produto não é muito bacana, mas é só um projeto para entender melhor como funciona a logística em nosso país. Bom, vamos supor todos pen drives ficam num depósito em São Paulo, e custa R$2,00 cada. Tem peso de 80 gramas só. O volume será 1000 pen drives por mês, e o prazo de entregar não é importante (não tem urgência nenhuma). Vamos ter clientes no país inteiro, e queremos enviar nossos pen drives para eles em casa na maneira mais barata que existe! -Primeiramente, eu pensei em colocar um pen drive numa carta para enviar porque é pequeno e só tem peso de 80 gramas. Desse jeito, custa tipo R$2,50 (dependendo do estado). Mas os correios falaram que tem que estar numa caixa porque é um objeto, e assim o custa aumenta bastante até R$10,50. -Vocês têm alguma ideia para reduzir o custo de frete? O pacote é bem pequeno e leve, pois é um pen drive só! Será mesmo que os correios vão sempre cobrar esse valor fixo para uma caixa porque é um objeto? Tem outra alternativa? Abraço, Wagner
  11. olá pessoal lendo um pouco aqui achei uma matéria sobre o importar fácil dos correios a minha dúvida e a seguinte eu já vendo alguém produtos via mercado livre através do gota-transporte só que os meus cliente estão reclamando do tempo da entra pois o meu fornecedor demora de 15 a 27 dias para entra no brasil e ainda tem a demora da alfandega aqui então eu gostaria de saber se tem como eu usa o importar fácil para isso se ele entrega como o gata-transporte
  12. Pessoal boa noite! Nesse momento minha empresa está a procura de uma companhia que posa fazer a importação de eletrônicos da China para o Brasil, atualmente vendemos em nosso site eletrônicos que são encaminhados direto do fornecedor a casa do comprador, o que causa sempre muitos atrasos e dor de cabeça. Não temos a intenção no momento de abrir importadora e sim em criar uma parceria com alguma empresa de comercio exterior para trazer as mercadorias. Projetamos a importação de aproximadamente 4.200 itens ao mês dentro de 3 meses e gostaríamos da contribuição de alguma empresa que participa do SISCOMEX a trabalhar na nossa questão. Entre em contato comigo por esse e-mail: andre@precodefabrica.net. Temos a intenção de na próxima semana iniciar a importação de alguns Netbooks e precisamos criar essa parceria o quanto antes. Detalhes: Queremos viabilizar o menor prazo possível para entrega se possível por Courier, Importaremos semanalmente variados itens aumentando a compra em 50% a cada semana, a intenção das importações é 100% para venda. Agradeço a oportunidade e qualquer dúvida perguntem a vontade. Marcos André andre@precodefabrica.net CNPJ: 13.056.432/0001-66
×
×
  • Create New...