Jump to content
Siscomex - Comércio Exterior
Sign in to follow this  
Siscomex (robô)

[EXAME] Mais brasileiros pechincham e esperam saldão antes de comprar coisas caras

Recommended Posts

São Paulo – O número de pessoas que pensam duas vezes antes de comprar um bem caro, como um eletrodoméstico ou um veículo, está crescendo no país. É o que aponta a pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira, feita pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), sobre hábitos de consumo dos brasileiros.

De acordo com o estudo, 71% dos consumidores entrevistados afirmaram aguardar promoções ou saldões quando estão planejando comprar algo de alto valor. Na edição anterior da mesma pesquisa, feita em 2013, este percentual era de 64%.

A proporção também aumenta conforme a faixa de renda: entre aqueles com renda familiar de até um salário mínimo, 75% disseram aguardar uma liquidação para fazer a compra, enquanto, entre as famílias com renda superior a cinco salários mínimos, essa proporção cai para 60%.

A pesquisa considerou a aquisição de bens como celulares, móveis, eletrodomésticos e eletrônicos, como computadores.

Pechinchas

Outro hábito que faz parte da rotina da grande maioria dos brasileiros na hora de compras grandes é o de pesquisar preços antes de fechar o negócio. Entre os entrevistados, 93% afirmaram comparar ofertas durante o processo de escolha.

Além disso, 81% disseram que costumam pechincar o preço na hora da compra, em comparação aos 78% que tinham isso como hábito em 2013, na edição anterior. O costume de barganhar é menor entre os consumidores de renda maior (70% na faixa com renda familiar superior a cinco salários mínimos) e também entre os compradores mais jovens (73%, na faixa de 16 a 24 anos).

Produtos com garantia

Outro interesse que ganhou espaço na mente do consumidor é a presença de serviços como cobertura de garantia. Em 2013, 65% dos consumidores diziam se preocupar com questões como garantia e a qualidade e disponibilidade dos serviços de pós-vendas quando compravam algo de alto valor. Em 2019, essa proporção subiu para 74%.

A pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira entrevistou 2 mil pessoas, em 126 municípios, entre 19 e 22 de setembro de 2019.

Ler artigo completo

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...