Jump to content
Siscomex - Comércio Exterior
Sign in to follow this  
Siscomex (robô)

[EXAME] Lives musicais celebram o Dia da Mulher Negra

Recommended Posts

No dia 25 de julho, é celebrado o Dia da Mulher Negra Latina e Caribenha, e no Brasil também é comemorado, desde 2014, o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra, em honra a escrava que virou rainha e liderou Quilombo do Quariterê (na atual fronteira entre Mato Grosso e Bolívia) no século 18. Em virtude destas datas comemorativas, o mês de julho é dedicado a luta da mulher negra, carinhosamente apelidado como Julho das Pretas.

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, que restringe qualquer tipo de aglomeração e contato físico, o Dia da Mulher Negra será celebrado neste final de semana em inúmeras atividades virtuais.

EXAME selecionou as principais apresentações musicais realizadas por cantoras negras que exaltarão a força e o protagonismo negro. Confira:

Teresa Cristina canta Dona Ivone Lara

 Nesta sexta-feira (24), a sambista Teresa Cristina, celebra a obra e o legado de Dona Ivone Lara em uma live transmitida no YouTube. O repertório irá passear pelos maiores sucessos da “dama do samba”, entre eles Sonho Meu, Alguém me Avisou, Acreditar, além de Agradeço a Deus, canção que a própria Teresa Cristina já interpretou no álbum Sambabook, lançado em 2015, que trouxe inúmeros artistas dando voz e vida aos clássicos de Dona Ivone Lara.

Quando: 24 de Julho (Sexta) às 20h

Onde assistir: aqui

Foto-2-Live-Teresa-Cristina.pngLive Teresa CristinaDivulgação/Divulgação

Zezé Motta – Mulher Negra

Cantora, atriz e ativista, Zezé Motta faz no Dia da Mulher Negra Latina e Caribenha uma live transmitida em todas as suas redes sociais, com o título “Mulher Negra”. O show-espetáculo traz a “Cantriz” interpretando “um repertório cheio de negritude”, conforme a própria afirmou em seu instagram. A live terá a apresentação da jornalista e fashionista Luiza Brasil e da atriz Aline Dias. Além do número musical apresentado por Zezé Motta, o espetáculo contará com depoimentos de mulheres negras que hoje são símbolo de representatividade no país, entre elas, as atrizes Taís Araújo, Camila Pitanga, Erika Januza, Juliana Alves, Sheron Menezzes, Cris Vianna, Adriana Lessa, Isabel Fillardis e Jéssica Ellen, além da jornalista Maju Coutinho e da campeã da 20ª edição do Big Brother Brasil, Thelma Assis. “Às 16h irei cantar, com certeza me emocionar e, juntas, exaltaremos a raça negra”, reforça Zezé Motta.

Quando: 25 de Julho (Sábado) às 16h

Onde assistir: aqui ou aqui

Foto-3-Live-Zezé-Motta.pngZezé Motta – Mulher NegraDivulgação/Divulgação

Elza Soares em dose dupla

 Impossível falar de mulher negra na cultura sem exaltar a pessoa e a obra de Elza Soares. Eleita em 1999 a “Melhor Cantora do Milênio” pela Rádio BBC de Londres, e vencedora do Grammy Latino de melhor álbum de Música Popular Brasileira, em 2016, com A Mulher do Fim do Mundo, Elza é referência de luta negra e feminista: “Não é fácil ser mulher, negra, e de origem pobre, num país racista e machista como o Brasil”, escreveu a cantora em seu Instagram. E no final de semana dedicado a mulher negra, a artista aparece em duas lives. A primeira, que acontece neste sábado (25), às 21h, celebra os 90 anos de vida da artista. Intitulada “Elza in Jazz”, a live será apresentada da sala da sua casa, com a praia de Copacabana ao fundo: “Vou desfilar um luxuoso repertório com diversos momentos da minha carreira em comemoração a vida, a minha vida, a nossa vida”, disse Elza em suas redes.

No domingo (26), Elza Soares volta para celebrar outro aniversário, dessa vez o da vereadora e ativista dos direitos humanos Marielle Franco, que se estivesse viva completaria 41 anos no próximo dia 27. A live acontecerá no canal do Instituto Marielle Franco, às 19h.

Elza In Jazz – Especial 90 anos

Quando: 25 de julho (sábado) às 21h

Onde assistir: aqui

Live do Aniversário de Marielle

Quando: 26 de julho (domingo) às 19h

Onde assistir: aqui

Foto-4-Lives-Elza-Soares.pngLives Elza SoaresDivulgação/Divulgação

Festival Latinidades

A 13ª edição do Festival Latinidades, acontece dessa vez totalmente online. Com a mais de 60 atrações, entre shows musicais, apresentações de danças, recitais de poesia, bate-papos, oficinas e até mesmo um espaço virtual infantil, o Festival Latinidades carrega consigo a premissa de valorizar as culturas e as narrativas empoderadas das mulheres negras latino-americanas. Com o tema “Utopias Negras”, o Latinidades teve início nesta quarta (22) e vai até a próxima segunda-feira (27). A programação completa pode ser conferida aqui.

E no dia da Mulher Negra, a programação do Latinidades vem repleta de shows de artistas de todas as partes do Brasil, e também do mundo, como é o caso do duo cubano Krudas Cubensi, formado pelas rappers Odaymar Costa e Olivia Prendeslky que abre a programação musical às 19h. O evento ainda conta com a apresentação do grupo Suraras do Tapajos (PA), das cantoras Haynna (DF), Anna Suav (PA), Preta Ferreira (SP), Bixarte (PB), Brisa Flow (SP), Enme (MA), da rapper mirim MC Soffia, que irá se apresentar acompanhada da artista visual Rosa Luz, além da Dj Tamy (RJ) que irá fechar a festa musical.

Quando: A programação musical começa no 25 de julho às 19h

Onde assistir: aqui

Foto-5-Festival-Latinidades.pngFestival LatinidadesDivulgação/Divulgação

The post Lives musicais celebram o Dia da Mulher Negra appeared first on Exame.

Ler artigo completo

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...