Ir para


Foto
- - - - -

Invoice de serviço para empresa no exterior


This topic has been archived. This means that you cannot reply to this topic.
10 replies to this topic

#1 DSS

DSS

    Recém-chegado

  • Membros
  • Pip
  • 3 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 01 dezembro 2010 - 23:32

Olá!

Antes de mais nada gostaria de agradecer antecipadamente qualquer pessoa que esteja lendo meu post.
Na verdade acabei encontrando esse fórum no Google após pesquisar sobre a emissão de invoices para empresas no exterior.
Não tenho certeza se alguém pode me orientar por aqui, mas qualquer ajudar é bem vinda. Vamos lá:

- Tenho uma empresa com CNPJ, prestadora de serviços na área de publicidade e propaganda.
- Já emito NFe através do sistema da prefeitura para todos os meus clientes pelo Brasil.
- Recentemente atendi um cliente estrangeiro e sua empresa fica situada em Pittsburgh, nos EUA.
- Após a entrega do serviço eles me solicitaram a emissão de um invoice, uma fatura para o pagamento. O valor dos serviços com impostos é de US$ 750.
- Para o pagamento sugeri que eles utilizassem o Paypal. Já tenho conta no Paypal e uso já faz um bom tempo, conheço e sei como funciona.

Agora minhas perguntas:

- O que é exatamente um invoice? É uma nota fiscal? Posso emitir minha NFe para eles? (acho que não)
- Como emito um invoce para uma empresa situada no exterior? Eles também tem um CNPJ??? (também acho que não)
- O pagamento por paypal é recomendado? Alguma outra alternativa viável?


Peço desculpas pelas perguntas básicas. Fiz uma busca no fórum e não encontrei nada que me orientasse em relação ao meu caso.

Agradeço antecipadamente qualquer ajuda.

#2 Fernando M.

Fernando M.

    CEO

  • Administradores
  • 770 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 02 dezembro 2010 - 12:13

Commercial Invoice, mais comumente chamada apenas de Invoice é o documento internacional de cobrança que ampara uma operação comercial, seja ela de comércio de produtos ou prestação de serviços. É um documento emitido pelo exportador/prestador de serviço. No mercado interno brasileiro existe a nota fiscal que é um documento muito parecido com a Invoice, mas com alguns dados a mais além de possuir controles do governo.

Uma nota fiscal brasileira não tem valor fora do país, ou seja, é válida somente para negócios entre empresas e pessoas físicas dentro do Brasil.

Uma empresa no exterior não possui um CNPJ, já que este é um cadastro brasileiro. Entretanto, muitos países possuem cadastros parecidos, ou seja, registro da empresa no governo também para controle de contribuições/impostos. Para a maioria dos países você não precisará deste número. Caso necessite, o importador (seu cliente) irá solicitar. Neste link há um modelo de Invoice da FedEx, geralmente utilizado para mercadorias. Mas você pode utilizá-lo para serviço também, basta alterar algumas palavras.

Quanto ao pagamento por PayPal, não sei como você faria para contabilizá-lo. Seria uma questão interna de sua empresa.
Fernando M.
— "Existem 10 tipos de pessoas no mundo: as que entendem binário e as que não entendem."
— "Qualquer idéia boa que precise ser realizada imediatamente, acredite, não é uma idéia boa."


Ajude a manter o fórum e tenha benefícios! Veja os detalhes aqui.
Imagem

#3 DSS

DSS

    Recém-chegado

  • Membros
  • Pip
  • 3 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 02 dezembro 2010 - 13:41

Bom Fernando, acho que entendi.

Mas no final das contas, como emito essa NF para esse meu cliente?
Digo, só preciso emitir essa invoice, seguindo esse modelo da Fedex que vc passou (com as alterações necessárias, é claro) e boa?

Esse tipo de serviço não será contabilizado pelo meu contador?
Ou preciso abrir um outro tipo de empresa para emitir uma NF para esse cliente no exterior?


Mais uma vez obrigado pelas dicas. Abraços!

#4 Fernando M.

Fernando M.

    CEO

  • Administradores
  • 770 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 03 dezembro 2010 - 08:38

Danilo, essa parte de emissão da NF para "faturar" o serviço e contabilizá-lo eu realmente não sei te dizer.
Quanto à invoice, é só preenchê-la e imprimí-la.
Fernando M.
— "Existem 10 tipos de pessoas no mundo: as que entendem binário e as que não entendem."
— "Qualquer idéia boa que precise ser realizada imediatamente, acredite, não é uma idéia boa."


Ajude a manter o fórum e tenha benefícios! Veja os detalhes aqui.
Imagem

#5 DSS

DSS

    Recém-chegado

  • Membros
  • Pip
  • 3 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 03 dezembro 2010 - 08:52

Ok. Obrigado Fernando, pela ajuda.

Vou encaminhar minha investigação. Qualquer novidade posto aqui.

Abraços

#6 Rodrigo - ludatrade.com

Rodrigo - ludatrade.com

    Iniciante

  • Premium
  • 18 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 06 dezembro 2010 - 11:35

Ok. Obrigado Fernando, pela ajuda.

Vou encaminhar minha investigação. Qualquer novidade posto aqui.

Abraços


Bom dia Danilo.
Sugiro você contatar seu contador ou alguma empresa nesta area, que já atue com estes tipos de transações, pois a invoice para transf. de remessa é diferente da invoice para importação, são assuntos distintos.
Caso você não conheça uma empresa neste ramo, me avise que indico uma.

Att.,
Rodrigo Baroni Sabaté
Import & Export Division
Av. Paulista, 1499. conj. 311
Cerqueira Cesar, Sao Paulo, Brazil
BR Mobile: (55) 11-6474-7753
Tel: (55) 11-4115 2655 - Skype : baronisp

www.ludatrade.com

#7 GabrielaRMK

GabrielaRMK

    Iniciante

  • Membros
  • PipPip
  • 8 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 07 janeiro 2011 - 08:53

Bom dia Danilo.
Sugiro você contatar seu contador ou alguma empresa nesta area, que já atue com estes tipos de transações, pois a invoice para transf. de remessa é diferente da invoice para importação, são assuntos distintos.
Caso você não conheça uma empresa neste ramo, me avise que indico uma.

Att.,


Olá Rodrigo,

tenho uma dúvida semelhante a do danilo e gostaria que você me recomendasse uma empresa que atua neste ramo.

Grata,
Gabriela

#8 Lucas Cury

Lucas Cury

    Esse é parceiro!

  • Premium
  • 191 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 29 janeiro 2011 - 09:09

Prezados,

revivendo o assunto pois vi que a dúvida permaneceu vamos lá:

A Invoice é somente um documento de cobrança como o colega Fernando disse.

PAra uma empresa de prestação de serviços estamos tratando de exportação de serviços o que nada tem a ver com produtos.

A liquidação é apenas financeira. Para tanto o procedimento é simples

1 - Empresa BRasileira fatura empresa extrangeira através de uma Nota Fiscal de Serviço.

2 - Empresa Brasileira, emite Commercial Invoice, onde na natureza da oepração pode ser descriminado a natureza do serviço (ex. Expenses Reibustment, Royalties, MArketing Services, etc). A Commercial será em USD utilizada a tx de conversão do dia versus o valor da NFS

2.1 - A empresa brasileira, antes deve ter seu cadastro atualizado em uma corretora de câmbio (posso sugerir a que trabalhamos) ou mesmo a corretora de câmbio do banco ao qual tem conta. Ao realizar o cadastro/atualização o Banco ou Corretora lhe fornecerá o CANAL BANCÁRIO (Com a SWIFT, BIC, ROUTING, etc) que será a informação necessári a complementar a invoice para que o cliente no exterior realize a trasnferência.

3 - Enviada a Invoice ao cliente no exterior, este remete uma ordem de pagamento internacional (wire trasnfer) para o CANAL BANCÁRIO informado.

4 - Em média 48h após o envio, a corretora visualiza o recurso que com uso da Invoice + NFS realizará a liquidação a tx do dia depositando o valor em sua conta corrente

Notas Importantes: Alguns Bancos podem exigir além da NFS um contrato de prestação de serviço entre você e a empresa no exterior. Vale consultar a mesa de câmbio quanto as exigências.

Os impostos incidentes serão somente IR da NF e taxas de liquidação do banco.

Quanto ao CNPJ, a empresa no exterior não o terá, salvo se esta possui filial aberta no Brasil. MAs aí é oooooutra questão.

Espero ter sido claro. Por favor, qualquer dúvida estamos a disposição.
abs
Lucas

Lucas Cury
Grupo Carajás

 

Outsourcing em Comércio Exterior - Exportação Indireta - Compliance com as normas Aduaneiras e Câmbiais
Consulte-nos.


#9 HubPort

HubPort

    Frequentador

  • Premium
  • 59 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 17 abril 2011 - 23:17

Prezados,

revivendo o assunto pois vi que a dúvida permaneceu vamos lá:

A Invoice é somente um documento de cobrança como o colega Fernando disse.

PAra uma empresa de prestação de serviços estamos tratando de exportação de serviços o que nada tem a ver com produtos.

A liquidação é apenas financeira. Para tanto o procedimento é simples

1 - Empresa BRasileira fatura empresa extrangeira através de uma Nota Fiscal de Serviço.

2 - Empresa Brasileira, emite Commercial Invoice, onde na natureza da oepração pode ser descriminado a natureza do serviço (ex. Expenses Reibustment, Royalties, MArketing Services, etc). A Commercial será em USD utilizada a tx de conversão do dia versus o valor da NFS

2.1 - A empresa brasileira, antes deve ter seu cadastro atualizado em uma corretora de câmbio (posso sugerir a que trabalhamos) ou mesmo a corretora de câmbio do banco ao qual tem conta. Ao realizar o cadastro/atualização o Banco ou Corretora lhe fornecerá o CANAL BANCÁRIO (Com a SWIFT, BIC, ROUTING, etc) que será a informação necessári a complementar a invoice para que o cliente no exterior realize a trasnferência.

3 - Enviada a Invoice ao cliente no exterior, este remete uma ordem de pagamento internacional (wire trasnfer) para o CANAL BANCÁRIO informado.

4 - Em média 48h após o envio, a corretora visualiza o recurso que com uso da Invoice + NFS realizará a liquidação a tx do dia depositando o valor em sua conta corrente

Notas Importantes: Alguns Bancos podem exigir além da NFS um contrato de prestação de serviço entre você e a empresa no exterior. Vale consultar a mesa de câmbio quanto as exigências.

Os impostos incidentes serão somente IR da NF e taxas de liquidação do banco.

Quanto ao CNPJ, a empresa no exterior não o terá, salvo se esta possui filial aberta no Brasil. MAs aí é oooooutra questão.

Espero ter sido claro. Por favor, qualquer dúvida estamos a disposição.
abs
Lucas



Olá Lucas Cury, boa noite. Como vai?

Amigo me ajude a sanar um duvida nas "exportações de serviço" não é necessário nenhum registro no Siscomex digo (DDE e/ou RE)?

Apenas emitir uma NF Serviço e uma Comercial Invoice e aguardo o $$ entrar na minha conta?

Desde-já obrigado.

Abraços

#10 Lucas Cury

Lucas Cury

    Esse é parceiro!

  • Premium
  • 191 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 19 abril 2011 - 11:45

Olá Lucas Cury, boa noite. Como vai?

Amigo me ajude a sanar um duvida nas "exportações de serviço" não é necessário nenhum registro no Siscomex digo (DDE e/ou RE)?

Apenas emitir uma NF Serviço e uma Comercial Invoice e aguardo o $$ entrar na minha conta?

Desde-já obrigado.

Abraços


Olá Hub,

realmente não há qualquer tipo de regitro de exportação no SISCOMEX uma vez que ainda não está em operação o SISCOMEX-SERVIÇO.

O que há, no entando é o devido registro da operação junto ao BANCO CENTRAL, e sua origem fiscal através da emissão de uma NF-s emitida contra o tomador do serviço (mesmo que no exterior).

Para efetivação do recebimento, em síntese, será necessário a NF-s + Invoice + Contrato de PRestação de Serviço. Estes serão os documentos que dão origem a sua atividade e servem de base fiscal. Podem ser solicitados outros documentos, caso a instiuição financeira autorizada assim entender, para completa adequação as normas cambiais e fiscais Brasileiras.

Uma vez liquidado o câmbio, sugiro sempre anexar o contrato de câmbio aos documentos acima relacionados para eventuais fins de fiscalizações.

Um abraço,
Lucas

Lucas Cury
Grupo Carajás

 

Outsourcing em Comércio Exterior - Exportação Indireta - Compliance com as normas Aduaneiras e Câmbiais
Consulte-nos.


#11 Costa

Costa

    Recém-chegado

  • Membros
  • Pip
  • 1 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 08 agosto 2011 - 17:28

Prezados,

revivendo o assunto pois vi que a dúvida permaneceu vamos lá:

A Invoice é somente um documento de cobrança como o colega Fernando disse.

PAra uma empresa de prestação de serviços estamos tratando de exportação de serviços o que nada tem a ver com produtos.

A liquidação é apenas financeira. Para tanto o procedimento é simples

1 - Empresa BRasileira fatura empresa extrangeira através de uma Nota Fiscal de Serviço.

2 - Empresa Brasileira, emite Commercial Invoice, onde na natureza da oepração pode ser descriminado a natureza do serviço (ex. Expenses Reibustment, Royalties, MArketing Services, etc). A Commercial será em USD utilizada a tx de conversão do dia versus o valor da NFS

2.1 - A empresa brasileira, antes deve ter seu cadastro atualizado em uma corretora de câmbio (posso sugerir a que trabalhamos) ou mesmo a corretora de câmbio do banco ao qual tem conta. Ao realizar o cadastro/atualização o Banco ou Corretora lhe fornecerá o CANAL BANCÁRIO (Com a SWIFT, BIC, ROUTING, etc) que será a informação necessári a complementar a invoice para que o cliente no exterior realize a trasnferência.

3 - Enviada a Invoice ao cliente no exterior, este remete uma ordem de pagamento internacional (wire trasnfer) para o CANAL BANCÁRIO informado.

4 - Em média 48h após o envio, a corretora visualiza o recurso que com uso da Invoice + NFS realizará a liquidação a tx do dia depositando o valor em sua conta corrente

Notas Importantes: Alguns Bancos podem exigir além da NFS um contrato de prestação de serviço entre você e a empresa no exterior. Vale consultar a mesa de câmbio quanto as exigências.

Os impostos incidentes serão somente IR da NF e taxas de liquidação do banco.

Quanto ao CNPJ, a empresa no exterior não o terá, salvo se esta possui filial aberta no Brasil. MAs aí é oooooutra questão.

Espero ter sido claro. Por favor, qualquer dúvida estamos a disposição.
abs
Lucas



Boa tarde Lucas,

Andei a pesquisar sobre este assunto e acabei por chegar à situação aqui exposta. Tenho uma dúvida, pois estou em vias de iniciar uma atividade que demandará este tipo de negócio (recebimento por serviços prestados a empresa sediada no exterior).

De forma bem resumida, posso dizer que estarei a prestar, no Brasil, serviços de transportes para uma empresa estrangeira de logística que ainda não tem filial no Brasil.

A questão é: o serviço tende a ser regular, e sendo assim, esta empresa estrangeira minha cliente tem dúvidas sobre a viabilidade, em termos de custo operacional, de se abrir uma filial no Brasil apenas para efeitos de pagamento dos serviços à minha transportadora.

A empresa não tem interesse, para já, de operar diretamente no mercado brasileiro - ou seja, com estrutura própria - em decorrência do ainda inexpressivo fluxo financeiro do negócio, contudo, poderá ser viável a abertura da filial, em face dos serviços serem constantes (com remessas mensais ou até mesmo quinzenais)? Os custos poderão compensar a abertura da filial, ao invés da emissão corrente de invoices? Um mero procurador legal da empresa no Brasil, quiçá através da constituição de uma representação desta empresa estrangeira, poderá suprir a inexistência da filial, e assim, receber e pagar pelas notas fiscais de serviço?

Agradeço muito a v. opinião, pois apesar de ter experiência no mercado brasileiro, sou um iniciante nestas relações internacionais.

Atenciosamente,

Kleber