Ir para


Foto
- - - - -

importando roupas dos estados unidos


This topic has been archived. This means that you cannot reply to this topic.
4 replies to this topic

#1 Irla

Irla

    Iniciante

  • Membros
  • PipPip
  • 7 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 29 dezembro 2010 - 00:26

[font="Georgia"]

Quero começar a importar roupas dos eua para revender na minha empresa no Brasil e nao sei por qual opcao optar , se pelo o importa facil ou importacao normal .ja tenho inclusive ate o meu cadastro no sicomex mas como o meu volume de compras nunca chega a $3.000,00 nao sei o que vale a pena.Estou quase optando pelo o impota normal mas tenho muitas duvidas como proceder pois nenhum despachante se interessa pelo o volume baixo de importaçao , entao posso importar pelo o sicomex sem despachante ??? e quais os passos devo seguir ??? me desanimo logo quando dizem que preciso ter uma autorizacao para importar .Isso nao e o mesmo que a habilitaçao no siscomex ???apos feita a minha habilitaçao , o que devo fazer pra iniciar uma importaçao ???


Outra duvida e quanto a comercial invice pois quem faria as minhas compras seria uma amiga que mora nos Estados Unidos em lojas de outlets que nao fornecem invoice ,somente os cumpus fiscais , entao lhe pergunto se esse documento serve e caso nao sirva como consigo uma comercial invoice de lojas de outlets ???

#2 Marcos Rodrigues

Marcos Rodrigues

    Iniciante

  • Membros
  • PipPip
  • 11 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 29 dezembro 2010 - 09:15

Irla, bom dia!

tudo bem?

Não tenho muita bagagem pra lhe dar um certeza, mas até aonde eu sei, você não consegue importar pelo siscomex você consegue fazer um "registro" documental do que está importando, porém você precisara de um despachante para dar entrada nos terminais alfandegados.
essa habilitação que é pedida é o seu RADAR (Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros), creio que essa você não tem certo?!

Creio que sem a invoice vai ficar meio complicado de importar, particularmente nunca soube de uma importação sem invoice.
a invoice é muito importante nela consta alguns dados fundamentais para alfândega, aconselharia a pedir a ela para ir numa loja que faça uma fatura comercial, assim ficaria mais fácil e até mais barato pra você!

só um detalhe, creio eu que o despachante se interessa, o problema que sem invoice, fica inviável!


se você puder da uma olhada nesse link, possa te ajudar melhor
http://www.acetradew...assoapasso.html

Atenciosamente,

Marcos Rodrigues.

#3 Irla

Irla

    Iniciante

  • Membros
  • PipPip
  • 7 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 29 dezembro 2010 - 11:54

Irla, bom dia!

tudo bem?

Não tenho muita bagagem pra lhe dar um certeza, mas até aonde eu sei, você não consegue importar pelo siscomex você consegue fazer um "registro" documental do que está importando, porém você precisara de um despachante para dar entrada nos terminais alfandegados.
essa habilitação que é pedida é o seu RADAR (Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros), creio que essa você não tem certo?!

Creio que sem a invoice vai ficar meio complicado de importar, particularmente nunca soube de uma importação sem invoice.
a invoice é muito importante nela consta alguns dados fundamentais para alfândega, aconselharia a pedir a ela para ir numa loja que faça uma fatura comercial, assim ficaria mais fácil e até mais barato pra você!

só um detalhe, creio eu que o despachante se interessa, o problema que sem invoice, fica inviável!

Oi Marcos , obrigada pela as dicas e o site que vc indicou me ajudou muito .

Bom , mas continuo com duvidas com relacao a importacao normal pois a principio, pensei que ao habilitar a minha empresa no SIscomex estaria apta a importar , no qual a pessoa que mora nos estados so teria que mandar a mercadorias acompanhada da invoice para minha empresa aqui no Brasil e aqui contrataria um despachante para fazer o desembaraco e como o volume da minha importacao nao seria muito volumosa talves nem seria necessario o despachante .Mas ao ler o site que vc me indicou ele fala de um registro de importador e registro siscomex e isso me confundiu mais ainda . Entao , tter a habilitacao no Siscomex , nao e o suficiente para comecar a importar ? Que outra habilitacao e necessario ? No seu comentarios vc se refere ao REGISTRO DOCUMENTAL e no RADAR . Entao , se possivel , gostaria que vc me esclaresse mais sobre esses documentos .ONde se consegue ? quando e necessario , antes ou depois da importacao efetuada ? Aguardo a sua resposta e desse ja , agradeco a sua atencao .att
se você puder da uma olhada nesse link, possa te ajudar melhor
http://www.acetradew...assoapasso.html

Atenciosamente,

Marcos Rodrigues.



#4 Marcos Rodrigues

Marcos Rodrigues

    Iniciante

  • Membros
  • PipPip
  • 11 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 30 dezembro 2010 - 08:51

Irla, bom dia!

então não é só ter a autorizaçãopara utilizar o siscomex que se pode importar, repare que o siscomex lhe da funções mais sobre o registro de declaração de importação, de outras palavras, o siscomex faz só a parte aonde você manda as informações dos produtos que esta trazendo para a RF, mas isso não que dizer que você possa importar!
Se me permite lhe fazer uma pergunta, você já esta ciente de todos os valores de uma importação?

O que eu chamo de REGISTRO DOCUMENTAL e exatamente a operação que se faz no siscomex,referente ao RADAR

- Radar Simplificado

Segue relação de documentos necessários para credenciamento de sua empresa no sistema RADAR, na modalidade Simplificada, obrigatório para todas as empresas importadoras e exportadoras.

A Habilitação Simplificada possui validade de 18 meses, onde neste período poderão ser realizados diversos processos dentro de um limite estipulado pela Receita Federal. A empresa ganhará uma senha, que deverá ser renovada a cada 30 dias, dentro do período citado.


1) Requerimento de habilitação (Anexo I - IN SRF 650/06) – 01 via assinada e com firma reconhecida;

2) Atos constitutivos da pessoa jurídica e alterações realizadas nos últimos dois anos - 01 via cada, todas autenticadas;

3) Certidão Simplificada da Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Sul, expedida há, no máximo, noventa dias – 01 via original ou cópia autenticada;

4) Guia de Apuração e Lançamento do IPTU ou Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR), com os dados cadastrais do imóvel – 01 via autenticada;

5) Conta de energia elétrica ou de telefone do mês anterior ao da protocolização do requerimento – 01 via original ou cópia autenticada

6) Comprovante de endereço (conta de energia elétrica ou telefone) e cópia do RG e CPF do responsável legal pelo CNPJ – 01 via cada, cópias autenticadas;

7) Formulário de senha – 02 vias, assinadas e reconhecidas.

Qualquer ausência de documento deverá ser justificada por escrito.

DOCUMENTAÇÃO QUE DEVE SER ENTREGUE PARA ELOCARGO

1.PROCURAÇÃO - (02 Cópias)
2. CONTRATO SOCIAL E ALTERAÇÕES CONTRATUAIS OU ESTATUTÁRIAS - (02 Cópias)
3. CARTÃO DO CNPJ - (02 Cópias)
4. CÓPIA IDENTIDADE + CPF dos assinantes da procuração - (02 Cópias)
5. DECLARAÇÃO DA ÚLTIMA ALTERAÇÃO CONTRATUAL - (02 Cópias) link no fim da página
6. DECLARAÇÃO MARINHA MERCANTE - (02 Cópias) - link no fim da página

OBS. AS PROCURAÇÕES E DECLARAÇÕES SOLICITADAS DEVERÃO SER IMPRESSAS EM FOLHA TIMBRADA, E TER A(S) ASSINATURA(S) RECONHECIDA(S). AS CÓPIAS DOS DEMAIS DOCUMENTOS DEVERÃO SER AUTENTICADAS.


se quiser uma ajuda mais detalhada pode me solicitar por e-mail

marcosrodrigues@gestaoaduaneira.com.br

#5 Fernando M.

Fernando M.

    CEO

  • Administradores
  • 768 Posts:
  • Estado:SELECIONE SEU ESTADO

Postou 31 dezembro 2010 - 03:27

Irla, vou tentar explicar o que você está em dúvida:

SISCOMEX
É o sistema informatizado de comércio exterior. Você estando habilitada para operar no Siscomex é basicamente ter um usuário e senha para entrar em um sistema.

RADAR
É outro sistema, onde você consegue registrar representantes para o seu CNPJ. É nele que você autorizará os despachantes a atuarem em nome de sua empresa.


Para importar você precisa essencialmente do Radar. O despachante então poderá atuar em nome de sua empresa, acessando o Siscomex.

Quanto à invoice, não vejo problemas em sua amiga confeccionar uma invoice no nome dela mesmo e enviar junto com a mercadoria. Precisa ver apenas se isto não irá causar problemas para ela por lá, afinal, ela estará atuando como uma exportadora. Acredito que não, mas é melhor ela checar. Aqui no Brasil para exportar você precisa ter toda a burocracia completa anteriormente, por isto fico na dúvida se lá é tão fácil quanto simplesmente enviar.

Você precisa checar antes de ela embarcar a mercadoria se este tipo de produto precisa de Licença de Importação, por se tratar de roupa. Caso seja necessário, você deverá providenciá-la antes do embarque.

O ideal é ter o acompanhamento de um despachante. Achei bastante estranho não se interessarem, já que o método de trabalho é por processo. Em uma pequena ou grande importação, o ganho do despachante será praticamente o mesmo.

Fernando.
Fernando M.
— "Existem 10 tipos de pessoas no mundo: as que entendem binário e as que não entendem."
— "Qualquer idéia boa que precise ser realizada imediatamente, acredite, não é uma idéia boa."


Ajude a manter o fórum e tenha benefícios! Veja os detalhes aqui.
Imagem