Ir para conteúdo
Siscomex - Comércio Exterior
Johann Melchior

TUTORIAL - LIBERACAO DE MERCADORIA VIA DSI NOS CORREIOS.

Recommended Posts

eu tenho uma pergunta sobre importafacil do correio?

depois meu mecadoria foi chegada (3-4dias),

leva muitas dias para liberardo.(normalmente 10 ~ 30 dias)

eu quero receber minha mecadoria dentro 12 dias, alquem sabe como fazer.

parece que funcionario da federal receita esta dormindo sem processo

abracos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola tenho uma duvida, vou importar 8 paineis de led para iluminacao de teto para uso proprio. Preciso de certificado ( CE, ROHS) para entrada dessas luminarias?

-sera entregue por courrie (DHL), havera problema na entrada ou posso ficar tranquilo?

To para fechar pedido e nao sei se tudo dara certo ou havera problemas qdo chegarem...

Alguem pode me ajudar?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns ao criador do tópico.

 

O tópico é de 2011 e creio que tenha sofrido atualizações após o Sistema Web da receita. Pelo menos a questão de pagar 535 reais no boleto a vista deve ter findado.

 

Estranho porque somente UMA ÚNICA empresa tinha este poder (VPN).

 

 

---

Minha opinião:

Não vejo vantagens de tomar todos os procedimentos com os Correios se você tiver que ter alguém em São Paulo, Rio ou PR (pagar para os Correios os 150 ou um despachante).

Por que não importar direto via aérea para o seu próprio Estado?

Você desembaraça e não tem custos a mais para alguém fazer isso.

 

 

Contras?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns ao criador do tópico.

 

O tópico é de 2011 e creio que tenha sofrido atualizações após o Sistema Web da receita. Pelo menos a questão de pagar 535 reais no boleto a vista deve ter findado.

 

Estranho porque somente UMA ÚNICA empresa tinha este poder (VPN).

 

 

---

Minha opinião:

Não vejo vantagens de tomar todos os procedimentos com os Correios se você tiver que ter alguém em São Paulo, Rio ou PR (pagar para os Correios os 150 ou um despachante).

Por que não importar direto via aérea para o seu próprio Estado?

Você desembaraça e não tem custos a mais para alguém fazer isso.

 

 

Contras?

O custo do frete aereo.

 

No meu caso trarei as mercadorias por DHL e usarei o despachante da DHL para fazer a DSI.

 

O meu frete será de usd 400.

 

O valor minimo do frete aéreo para o DF, segundo meu fornecedor, é de usd 1.100,00

 

Nesse caso precisaria fazer a DI e trazer um volume bem maior para valer a pena (cobram no mínimo 45KG).

 

Para desembaraço em outro estado precisa ter um representante no local (despachante).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Karina, o que você quis dizer com isso: "Se a remessa for considerada comercial pela Receita Federal, vai precisar sim do Radar e realizar importação formal, mesmo que custe menos de 3.000 dólares." ????

Não entendi sua colocação, pois já vi você falando várias vezes aqui no fórum que é permitida a revenda de produtos importados pelo Importa Fácil, inclusive dispensada a habilitação no RADAR, lembrando que deve ser respeitado o limite de 3000 USD do IF. Você disse isso porque, no caso específico desse tópico, trata-se de DHL, que não pratica IF?

Editado por helderlima

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pedro U.S.A:

 

Você poderia, por favor, explicar esses documentos que você mensionou?

 

1 - Commercial Invoice:

2 - DSI: ok, essa já aprendi: Declaração Simplificada de Importação.

3 - Packing List:

4 - Conhecimento de Embarque:

 

Karina: enviei uma mensagem privada para você alguns dias atrás. Você leu: Seria possível conversarmos por email ou skype? Muito obrigado! ^_^

 

Abração a todos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
- Sendo MEI, posso comprar pela DHL, pagar os impostos e revender? Ou precisa ter RADAR?


- Pelo Importa Fácil é 60% de Imposto de Importação + 17% (ICMS Santa Catarina) e os R$ 150,00 do Despacho?


Acredito que pela DHL o valor limite seja USD 3.000 também, portanto seria essa a melhor opção?


Não entendi sobre a DSI..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se você tiver RADAR pode ultrapassar o limite de R$3.000 tranquilamente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito legal!

Espero que este tópico ajude muita gente.

 

Quem é MEI e está no simples nacional pode fazer dropshopping?

Quanto ao pagamento dos imposto de venda, posso declarar no formulário de receitas brutas mensal sem ter a nota fiscal de compra? pois como é dropshopping, a mercadoria será enviada do fornecedor da china direto para o cliente e ele irá receber a nota de venda do fornecedor da china, nesse caso serei comerciante ou prestador de serviços? pois se a receita for fazer a fiscalização para ver as notas de compras eu não vou ter porque elas foram enviada para meu cliente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá pessoal, sou novo nesse procedimento de importações, estou querendo me cadastrar como MEI para que eu possa fazer importações como por exemplo dropshopping, só que a dúvida é essa: se é enviado o produto direto para meu cliente então não terei a nota de entrada, nesse caso como possa fazer para declarar ou registrar a venda que fiz?


Eu terei que emitir uma nota de entrada sem ter a nota fiscal do meu fornecedor da China? como é que é feito isso para declarar os valores de minhas vendas?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quem é MEI e está no simples nacional pode fazer dropshopping?

Quanto ao pagamento dos imposto de venda, posso declarar no formulário de receitas brutas mensal sem ter a nota fiscal de compra? pois como é dropshopping, a mercadoria será enviada do fornecedor da china direto para o cliente e ele irá receber a nota de venda do fornecedor da china, nesse caso serei comerciante ou prestador de serviços? pois se a receita for fazer a fiscalização para ver as notas de compras eu não vou ter porque elas foram enviada para meu cliente.

Também tenho a mesma dúvida, mas acho, ACHO, que você na verdade está prestando um serviço, pois o produto não chega para você em seu estoque, portanto acho que é um serviço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas como que pode ser ilegal se não existe Lei que a defina?

Como versa no código penal "Não há crime sem lei anterior que o defina. Não há pena sem prévia cominação legal."

Só seria ilegal se a lei ou norma da Receita Federal a sim determinasse.

 

No direito administrativo diz que o Administrador público só pode fazer o que a lei determina, já o PRIVADO pode fazer tudo que a lei não proíba. Não há ilicitude se não existe norma legal que a discipline.

Editado por Hugo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ilegal porque a prática de dropshopping omite o verdadeiro importador, o que é proibido pela Receita Federal. Você não pode pagar pela importação de outra pessoa, entendeu?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ilegal porque a prática de dropshopping omite o verdadeiro importador, o que é proibido pela Receita Federal. Você não pode pagar pela importação de outra pessoa, entendeu?

Hugo, além disso vc tem que observar a evasão de divisas (pois vc está enviando $$ para o exterior sem as devidas formalidades), vc poderia buscar a parte dos crimes tributários (a ocultação dolosa, mediante fraude, astúcia ou habilidade, do recolhimento de tributo devido ao Poder Público) pois se vc exerce atividade comercial, em nosso País Sota, vc precisa de anuência do Poder Público....

 

 

E por ai vai... no fundo a ausência de proibição explicita ao DropShipping não significa que seja legal....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho uma duvida:

 

Estou fazendo uma importaçao por EMS que eu mesmo queiro fazer o despacho para uso comercial da mercadoria, com valor abaixo de U$ 3000.

 

Primeira pergunta:

 

1) Posso eu mesmo, nao sendo despachante, fazer o despacho?

2) Preciso que minha empresa esteja com Radar? Preciso ter acesso a algum sistema ou posso eu mesmo usar a DSI impressa ?

3) Quais documentos preciso que o exportador envie junto para que eu possa fazer tranquilamente o processo de despacho?

4) Esses documentos devem ser enviados junto com a mercadoria? Ou pode ser enviado pela internet?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho uma duvida:

 

Estou fazendo uma importaçao por EMS que eu mesmo queiro fazer o despacho para uso comercial da mercadoria, com valor abaixo de U$ 3000.

 

Primeira pergunta:

 

1) Posso eu mesmo, nao sendo despachante, fazer o despacho?

2) Preciso que minha empresa esteja com Radar? Preciso ter acesso a algum sistema ou posso eu mesmo usar a DSI impressa ?

3) Quais documentos preciso que o exportador envie junto para que eu possa fazer tranquilamente o processo de despacho?

4) Esses documentos devem ser enviados junto com a mercadoria? Ou pode ser enviado pela internet?

 

1) Se for RTS (60% + ICMS) os Correios farão o despacho para vc. Importa fácil.

 

2) Se for importa fácil, não. Se quiser eleabora vc mesmo a DSI terá que ter RADAR e acesso ao SISCOMEX. Se não tiver acesso poderá contratar um despachante para fazer para vc.

 

3) Invoice Carimbada e assinada, Packing List

 

4) Junto com a mercadoria. Se extraviar pedirão para vc providenciar ou pagará multa para RFB pela ausencia dos documentos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na ausência da Commercial Invoice é aplicada uma multa de 5% em cima do valor.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola pessoal

 

Eu ainda estou com uma duvida de como os correios tratam um remessa FORMAL. Quando se usa ImportaDificil a remessa deve ser enviado para o endereço deles e depois é rezar e esperar alguns meses,

Agora, quem nao quer participar desta farsa e fazer a importação formal com despachante, utilizando o endereço do importador, existe ate a possibilidade que a remessa passa pela alfandega.

E se a remessa é retida no GEARA, como se pode segurar o rápido despacho?

Tambem nao existe a possibilidade de colocar "formal import" como no caso de courier.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal qual a vantagem do courrier a não ser para documentos? Eles não tem bom atendimento nem preço,melhor comprar o frete com agente de carga de confiança ainda por cima fica bem mais barato.

 

E como no Brasil tudo que o governo fala que fácil é mais difícil o jeito é usar DI que embora paga a taxa de utilização tem a prob. de cair no verde economizando a armazenagem para canal vermelho que obrigatoriamente cai na DSI.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Procedimentos BASICOS PARA PODER LIBERAR nos CORREIOS em caso de emissao de DSI SEM IMPORTA FACIL:

(mesmo processo para courrier)

 

 

1-Esperar a chegada dela ao posto da alfândega nos correios em SP(expresso) ou RJ(encomenda normal) ou PR.

 

2-Identificar em qual LOCAL DE ARMAZENAMENTO Está:

 

1. SP:

Reconto aduaneiro 8942001 SETOR :555

UL DE DESPACHO 0817900

fonte: atendente GEARA SP

2. RJ:

Reconto aduaneiro: nao sei ainda

SETOR :nao sei ainda

UL DE DESPACHO: nao sei ainda

 

3. PR:

Reconto aduaneiro: nao sei ainda

SETOR :nao sei ainda

UL DE DESPACHO: nao sei ainda

 

 

3-Preparar todos os documentos para liberação.

 

1.INVOICE COMERCIAL(valor CIF das mercadorias)

 

2. packing list do pacote(dados de peso liquido e bruto, medida dos pacotes, data de embarque nos correios estrangeiros)

 

3. Avaliação aduaneira dos pacotes. BASEADO EM NCM. (procurar os respectivos códigos e valores aduaneiros da mercadoria importada dentro da tabela NCM)(site de auxilio ao importador da receita federal do Brasil.)(recomenda-se entrar em contato com um despachante para verificar se a valoração feita por você esta correta)

 

4. desenvolver a valoração aduaneira da mercadoria

 

- Pode-se agrupar item de um mesmo tipo na valoraçãoaduaneira.

 

EX: no meu caso é peças para embarcações(Jet ski). Em uma caixa vem 18 peças no total, sendo umas 3 delas repetidas em pequenas quantidades de 2 ou 3. Como não existe um NCM especifico para peças de embarcações, importamos elas no mesmo ncm de embarcações. No meu caso o NCM numero 89.03.9900.

E para ficar complacente com os valores,pegue o valor total das mercadorias em moeda estrangeira e divida pelo total de unidades dentro da caixa.

No meu caso o valor total da compra foi US$ 1147 dividido por 18 dá 63,77 dollar na media.

 

 

ANTES DE QUALQUER OPERAÇÃO DENTRO DO AMBIENTE DSI OU DI, ATUALIZAR AS TABELAS!!!!!!. É UM PROCESSO MEIO CHATO, MAIS SE VOCE APRENDE A FAZER CORRETAMENTE, NÃO PRECISA ADQUIRIR ALGUM SOFTWARE CARISSIMO VENDIDO POR EM PRESAS PRIVADAS.

 

 

 

5. Preencher a DI ou DSI de acordo com os dados recolhidos no processo.(pra quem tem o acesso ao siscomex importação. Pra quem não tiver, usar as informações para preencher um formulario)

 

1.Na ABA BASICAS DIGITE O CPF/CNPJ NO IMPORTADOR.

 

2.NA ABA CARGA: PREENCHER COM OS DADOS DO RECINTO ADUANEIRO ACIMA, DE ACORDO COM A CIDADE AONDE A ENCOMENDA ESTÁ, PREENCHER A DATA DE EMBARQUE PREENCHER A VIA DE TRANSPORTE COMO POSTAL, E NÃO CLICKAR EM AV 7.

 

3.PREENCHER A ABA BENS, COMO NECESSARIO.

 

4.NO CAMPO PAGAMENTO, PREENCHER DADOS DA CONTA PARA DEBITO AUTOMATICO(NAO ESQUECER DE AUTORIZAR NO BANCO), E AS RECEITAS QUE SÃO:

I.I = 0086

IPI IMPORTACAO=1038

PISPASEP IMPORTACAO=5602

CONFINS INPORTACAO=5629

5.NA ABA COMPLEMENTARES, PREENCHER COM OS

SEGUINTES DADOS no layout como está abaixo:

-NUMERO DO OBJETO:"numero do objeto" ,NUMERO DA INVOICE:"numero qualquer de identificacao na invoice" ,DATA DA INVOICE:"data de fechamento da invoice")

 

 

SE FOR PARA PAGAR O IMPOSTO EM R.T.S(60% CIF) , PREENCEHER OS DADOS DE TRIBUTACAO DO BEM:

-regime de tributacao 7

-fundamentacao legal 42

-motivo 1

 

 

7. Enviar DSI ou DI para registro.

 

8. No perfil importador tive varios problemas com o registro da invoice. algumas menssagens abaixo.

 

1. "Usuario na habilitado a efetuar debito no banco/agencia/conta."

 

-requisitar ao SEU GERENTE de conta que abilite o debito automatico para debito em conta de tributos referentes a SISCOMEX

2. "Valor do pagamento diferente do calculado pelo sistema.

 

-Isso acontece por erro de calculo do usuario OU quando voce atualiza a tabela "taxas de cambio", e abre uma DSI ou DI já pronta. A solucao para este erro, é toda vez que atualizar a tabela de cambio do siscomex, na aba "bens" selecionar novamente a moeda pelo botao de busca para ele atualizar o valor do cambio e refazer os calculos corretamente. a mesma coisa deve ser feita na aba frete, para recalculo dos valores convertidos de frete

 

adiciono mais coisas aqui depois.

 

Editado por João das Ilhas

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sob esse sistema, quando eu comprar meus produtos a partir do país de exportação, posso pagar por eles usando minha conta Paypal ou cartão de crédito? Ou eu tenho que usar algum outro método de pagamento?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sob esse sistema, quando eu comprar meus produtos a partir do país de exportação, posso pagar por eles usando minha conta Paypal ou cartão de crédito? Ou eu tenho que usar algum outro método de pagamento?

De acordo com meu conhecimento pode utilizar sem problema. Acredito a partir de um certo valor tem que ser fechamento de cambio.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×