Jump to content
Siscomex - Comércio Exterior
- Diego -

Habilitaçao Radar sem o auxilio de um despachante

Recommended Posts

Olá, boa tarde a todos !

 

Li e reli esse tópico inteiro, foi muito proveitoso.

 

Mas, como sou contador e tenho " n " outras coisas prá decorar sobre meu trabalho, filhos, casa, etc; meus nerônios não estão me permitindo entender como fazer o cadastro para importação.

 

Pretendo importar apenas uma unidade de moto, oruinda da China. Já tenho o fornecedor, preço, condições, enfim, tudo lá na China está Ok.

 

Fui hoje na Receita Federal de minha cidade, e acreditem, nem lá o pessoal sabe como se faz o cadastro no Siscomex, Radar, Etc.

 

O link do formulário para cadastro, postado nesse fórum está quebrado, não funciona: (segue abaixo link quebrado)

 

http://www.receita.fazenda.gov.br/publico/Legislacao/Ins/2012/IN1245/Anexo1IN12452012.doc

Enfim, se alguém puder me ajudar nessa questão, agradeceria imensamente, pois nem quem deveria orientar (RF) está tendo essa informação.

 

Resumindo, sou Pessoa Física, quero importar apenas uma unidade de motocicleta, valor abaixo dos U$D 3.000,00, sei que preciso de LCVM/LCM (já está aguardando liberação no IBAMA), mas me cadastrar no Siscomex/Radar ainda não consegui.

 

Aproveito para agradecer aos membros do fórum por toda informação disponibilizada, e dizer que há muito espaço para todo mundo trabahar, trazer suas coisinhas de fora e revender, competir de igual para igual com as grandes, pois a lei vale para todos, e não apenas para quem pode ou quer pagar.

 

E desculpem rescuscitar esse tópico, mas o assunto é correspondente.

 

E se alguém precisar de informações relacionadas a contabilidade, abertura de empresa, no estado de SP, dá um toque, ficarei feliz em poder ajudar ! Conheço bem os trâmites, e minha intensão é ajudar !

 

Abraço a todos !

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Concodo com Karine e é um absudo se pagar R$ 1.000,00 para se tirar um RADAR, pois não há muitas difculdades para tal tarefa. É necessário ter cuidado, atenção com documentos e conhecer as normas de importação. Isso é importante para não gerar multas desnecessária.

 

Agora pintou uma dúvida. Caso o proprietário da Empresa queira fazer sua importação e tiver dúvidas na hora de fazer o RADAR, tem como ele esclarecer suas dúvidas através de uma central de utilização do Siscomex?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Concodo com Karine e é um absudo se pagar R$ 1.000,00 para se tirar um RADAR, pois não há muitas difculdades para tal tarefa. É necessário ter cuidado, atenção com documentos e conhecer as normas de importação. Isso é importante para não gerar multas desnecessária.

 

Agora pintou uma dúvida. Caso o proprietário da Empresa queira fazer sua importação e tiver dúvidas na hora de fazer o RADAR, tem como ele esclarecer suas dúvidas através de uma central de utilização do Siscomex?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Prezados! Bom dia a todos.

 

Estou entrando agora nessa comunidade e buscando auxílio para habilitação em radar simplificado para operar em importação. Ainda não possuo empresa aberta, mas já estou agilizando tal processo. O que gostaria de saber é o seguinte:

 

Pretendo abrir uma empresa M.E. para importar mercadoria da china (importações de pequena monta). Posso abrir minha empresa em um cômodo na minha própria residência (ele é isolado dos demais cômodos, pois tenho duas entradas de residência)? Minha mãe é dona da residência e também será minha sócia. O IPTU está no nome dela. Isso é um problema? Após quantos meses de empresa aberta eu posso solicitar o radar?

 

Aguardo auxílio! Obrigado!

Amigo, me desculpe, mas vc precisará tem um endereço comercial para tirar o radar, mesmo com contrato de aluguel, não pode ser em uma residencia, seu CNPJ pecisa estar vinculado a um endereço comercial.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pode tirar o radar em endereço residencial sim, desde que a empresa esta devidamente registrada. Eu tenho uma ME em endereço residencial e com radar funcionando perfeitamente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se for de interesse do moderador, poderiam por favor fixar este tópico? Todo santo dia recebo pergunta por MP de como tirar o Radar e a resposta está neste tópico.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa Tarde,

 

Estou a preencher o Requerimento de Habilitação, e no campo 7 (Modalidade de habilitação pretendida: Preencher com a modalidade de habilitação pretendida e a situação que motivou o respectivo enquadramento, conforme art. 2º desta Instrução Normativa.

E estou com uma duvida como deva responder, eu pretendo importar cosméticos, a modalidade de habilitação será Importação de Cosméticos?

 

Obrigado

Share this post


Link to post
Share on other sites

É o seu caso, adrianoduraes? Continua sendo tudo "digratis". Podes tentar sem problema nenhum tirar o Radar. Se for indeferido vão informar o motivo e você tenta corrigir.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal,

 

Apenas para atualizar a excelente informação da colega Karina, atualmente a Instrução normativa vigente é a IN RFB1.288/2012 (acesse em: http://www.receita.fazenda.gov.br/Legislacao/ins/2012/in12882012.htm) e no anexo único onde há o formulário tem as instruções bem simplificadas de como preenche-lo enquanto na IN há a documentação necessária para a habilitação.

Bom trabalho a todos!

 

Abraços

 

ALessandro

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa Tarde,

 

Estou a preencher o Requerimento de Habilitação, e no campo 7 (Modalidade de habilitação pretendida: Preencher com a modalidade de habilitação pretendida e a situação que motivou o respectivo enquadramento, conforme art. 2º desta Instrução Normativa.

E estou com uma duvida como deva responder, eu pretendo importar cosméticos, a modalidade de habilitação será Importação de Cosméticos?

 

Obrigado

Por favor, leia a o artigo 2 da instrução normativa....provavelmente o seu caso a modalidade é limitada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Certifique-se que os produtos que queiram importar estejam previstos nos CNAEs do contrato social. A Receita Federal tem levado também em consideração a capacidade financeira da empresa para honrar os gastos com importação. Se a empresa não tem histórico, deverá ter um capital social compatível com o movimento da importação.

 

O local da empresa também tem sido questionada pelas autoridades. Se sua empresa importará para distribuir, necessitaria no mínimo de um armazém.

 

Logicamente que nos dias de hoje, parcerias logísticas resolvem este problema. Talvez a prestação adicional de algum tipo de informação seja necessário.

 

Por fim vale lembrar que o Radar faz parte de um projeto muito maior que é o de importação. Não adianta ter Radar, sem ter produto, preço, qualidade ou mercado.

 

Como sugestão, se o projeto conseguir absorver, utilize os serviços de alguém especializado da área ou continue postando para que possamos ajudá-lo

 

Atenciosamente,

Equipe IBSolutions - Soluções em Comércio Internacional

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu e mais uma pessoa iremos abrir uma importadora em breve. Enquanto isso, para desenvolver o mercado e até mesmo testar a viabilidade do produto, iremos trazer o produto em nome da empresa que ele já tem estabelecida (há cerca de 30 anos). Meu sócio viaja bastante então me disponibilizei a aplicar para o RADAR, porém, eu não tenho vínculo nenhum com essa empresa atual dele, eu posso aplicar para o RADAR? Acabei de ler a IN e ver a documentação, mas fiquei curioso com esse caso e até mesmo preocupado em confundir com Siscomex e despachante.

 

Outra coisa é DTE, basta assinar o Termo de Opção?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para enfatizar melhor meu ponto de vista:

 

1 - Contratem um despachante para suas importações. Isso é muito importante porque você corre risco de perder suas mercadorias, o Radar e levar uma pesada multa

 

2 - Não há risco nenhum envolvido na habilitação no Radar Simplificado. Não se paga absolutamente nada e se você errar não há qualquer punição. Se você tem tempo, toda a documentação está ok, não há porque pagar R$ 1.000,00 pelo Radar. Já vi relato noutro fórum do caso de um empresário que pagou R$ 2.000,00 pelo serviço e mesmo assim sabe o que houve? Foi indeferido. Como o posto fiscal que ele foi estava abarrotado, demorou 50 dias para sair o indeferimento e depois mais 60 dias para a re-análise e deferimento. E olhem que se tratava do Radar Simplificado.

 

3 - Vai pedir o Radar Ordinário? Ai já é outra conversa. Esse sim dá uma trabalheira monstruosa.

 

 

Olá a todos. Esse tópico é o mais importante deste fórum.

Parabéns a Karina pela tradução do "Despachantês".

Agora eu tenho coragem de encaminhar o meu próprio Radar. Eu só pagaria por isto se fosse rico e ocupadíssimo, em ganhar muito mais dinheiro, do que dar uma marchada lá na RF.

Como os fóruns são pra fazer perguntas, vai a minha pergunta:

 

Vou abrir uma empresa (com a minha mulher de sócia) ME, para acabar com essa minha muamba (Indústria, Comércio e Serviços.) Há algum cuidado especial para o Radar (capital, contrato social, outro)?

 

Tenho visto alguns questionamentos sobre isto e fiquei com essa "pulga atrás da orelha".

 

Muito obrigado por qualquer resposta.

 

Francisco - Belo Horizonte.

small-logo.png

 

 

Quem é MEI e está no simples nacional pode fazer dropshopping?

Quanto ao pagamento dos imposto de venda, posso declarar no formulário de receitas brutas mensal sem ter a nota fiscal de compra? pois como é dropshopping, a mercadoria será enviada do fornecedor da china direto para o cliente e ele irá receber a nota de venda do fornecedor da china, nesse caso serei comerciante ou prestador de serviços? pois se a receita for fazer a fiscalização para ver as notas de compras eu não vou ter porque elas foram enviada para meu cliente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não se pode revender nada que seja importado via PF. Tire o Radar da sua empresa.

 

Olá pessoal, sou novo nesse procedimento de importações, estou querendo me cadastrar como MEI para que eu possa fazer importações como por exemplo dropshopping, só que a dúvida é essa: se é enviado o produto direto para meu cliente então não terei a nota de entrada, nesse caso como possa fazer para declarar ou registrar a venda que fiz?

Eu terei que emitir uma nota de entrada sem ter a nota fiscal do meu fornecedor da China? como é que é feito isso para declarar os valores de minhas vendas?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde. Eu sou um MEI e ter concluído o registro no Alfandega no sistema Siscomex. Eu visitei o Banco (CEF) para organizar o débito automático em minha conta. O gerente do banco eo gerente assistente disse que não sabia nada sobre isso e ninguém mais na cidade foi a importação de modo que não poderia me ajudar. Eles insistiram que eu teria que fornecer uma carta da Alfandega. Já estou aqui três vezes para a Alfandega e falou com as pessoas mais seniores lá (Fortaleza). Eles dizem que é simples e nenhum documento é exigido e que o banco deve preparar o débito automático. O banco se recusa a fazer isso. O que posso fazer?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal

 

Com a INSTRUÇÃO 1.288 última que saiu, de agosto/2012.

 

Para se obter o Radar Limitado, lendo a instrução, diz que os documentos necessários seriam:

 

- Cópia Documento de identidade Autenticada

- Contrato Social autenticado

- Formulários (o do req. p/ radar e de habilitacao inicial do responsavel) (firma rec.)

- Recibo SVA

- Adesão prévia ap DTE.

 

 

 

Pergunto se é somente isso de documentação que é necessário atualmente? (Em nenhum lugar fala nada sobre IPTU´s dos imóveis, comprovação de integralização capital, etc....)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Posso pegar a senha do radar na receita e usar o programa do siscomex sozinho e pagar a importação com cartão internacional ou é obrigatório pagar por bancos do brasil e o softare siscomex já diz automaticamente se preciso de li pelo ncm pretendido ?onde posso ver o funcionamento do siscomex ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá Francisco tem sim...

Já que está abrindo a empresa coloque no objeto social importação e exportação (ajuda) e capital de social de R$ 30.000 a R$ 50.000 (nem pouco nem muito)

 

Olá a todos. Esse tópico é o mais importante deste fórum.
Parabéns a Karina pela tradução do "Despachantês".
Agora eu tenho coragem de encaminhar o meu próprio Radar. Eu só pagaria por isto se fosse rico e ocupadíssimo, em ganhar muito mais dinheiro, do que dar uma marchada lá na RF.
Como os fóruns são pra fazer perguntas, vai a minha pergunta:

Vou abrir uma empresa (com a minha mulher de sócia) ME, para acabar com essa minha muamba (Indústria, Comércio e Serviços.) Há algum cuidado especial para o Radar (capital, contrato social, outro)?

Tenho visto alguns questionamentos sobre isto e fiquei com essa "pulga atrás da orelha".

Muito obrigado por qualquer resposta.

Francisco - Belo Horizonte.



small-logo.png

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite, gostaria de tirar uma dúvida, eu dei entrada na documentação do radar, mas só que a atendente anterior havia me informado que eu deveria optar por sim na RTU, independente do meu uso ou não, agora estou em dúvida porque não encontrei nada referente ao que ela falou e acabei entregando a documentação com a opção selecionada. Essa opcão irá limitar o meu radar ? existe a possibilidade de altera-la ?

 

 

Att

 

Carlos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Com ou sem despachante, é uma desgraça tirar o Radar. Recebi uma intimação via DTE para entregar a DEFIS-2013. Detalhe: A Ltda foi criada em fev 2013 e começou em 07/2012 como MEI.

Ai o fiscal pediu "recolhimento como MEI". Entreguei sem problema. Comentario do despachante para o meu contador: "Com esse recolhimento será que a RF vai autorizar a empresa importar?"

 

Agora rezar que o fiscal nao implica com mais coisas. O que tudo isso tem a ver com o direito de importar ainda nao entendi....

Esse papo de "capacidade financeira" é nada menos que achar uma maneira para dificultar as importacoes. Quem nao tem dinheiro para comprar produtos no exterior simplesmente nao vai importar. Ponto.

Para utilizar aquele servico grotesco de ImportaFacil ninguem se importa sobre "capacidade financeira" embora altos valores anuais sejam possiveis.

Edited by hbaer

Share this post


Link to post
Share on other sites

Prezados! Bom dia a todos.

 

Estou entrando agora nessa comunidade e buscando auxílio para habilitação em radar simplificado para operar em importação. Ainda não possuo empresa aberta, mas já estou agilizando tal processo. O que gostaria de saber é o seguinte:

 

Pretendo abrir uma empresa M.E. para importar mercadoria da china (importações de pequena monta). Posso abrir minha empresa em um cômodo na minha própria residência (ele é isolado dos demais cômodos, pois tenho duas entradas de residência)? Minha mãe é dona da residência e também será minha sócia. O IPTU está no nome dela. Isso é um problema? Após quantos meses de empresa aberta eu posso solicitar o radar?

 

Aguardo auxílio! Obrigado!

 

 

Esta é apenas uma das 500 mil bobagens diferentes que você vai escutar de alguns profissionais. Foi de tanto escutar bobagem e por cobrarem valores absurdos que eu mesma tirei o Radar e é o que recomendo para todos os empresários.

 

Quando solicitei o Radar minha empresa não tinha nem conta bancária e estava inativa desde a sua abertura.

 

Limite-se apenas em entregar a documentação constante neste post:

http://www.siscomex....dpost__p__25208

 

Se pedirem mais alguma coisa você corrige.

 

Sobre o IPTU, faça um contrato de aluguel entre sua mãe com a empresa. Simples e efetivamente sem custo para vocês. Se for casa ótimo, mas se for apartamento podem não liberar.

 

Uma das contas de consumo (telefone fixo, luz ou água) deve estar em nome da empresa. O tipo de conta de consumo mais fácil de se conseguir no seu CNPJ será o de telefone. Se quiser, depois cancele este número após o deferimento do Radar.

 

Você pode solicitar o Radar no mesmo dia que abrir a empresa e estiver com toda a documentação exigida. Tudo é muito mais fácil quando a empresa é nova. Leia minhas mensagens neste post que você vai conseguir.

 

Karina, estou na mesma situação do oswaldoES mas não vou abrir uma ME, vou tentar como MEI (eu sei que será difícil, mas não custa tentar).

Obviamente não terei sócios, embora também farei o contrato de aluguel com minha mãe. No meu caso eu também teria que colocar uma das contas de consumo no nome da minha empresa? Ou isso só valeria se eu tivesse uma sociedade com a minha mãe?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...