Jump to content
Siscomex - Comércio Exterior
Sign in to follow this  
Paulo133

Importação de pequenos valores para revenda

Recommended Posts

Olá,

recentemente estava olhando preços muito atrativos na internet para importar no Brasil,mesmo com taxas altas,no caso de taxação,ainda haveria um lucro bom e muitos sites ofereciam fretes grátis ainda.
Mas então vi que pessoas físicas não podem importar para revenda,minhas dúvidas surgiram a partir disso,pois as quantidades que eu importaria seriam muito baixas,não ultrapassando 2 mil dólares por mês(acumulado).Somente revenderia pela net e para conhecidos,o lucro seria algo somente para me ajudar,pois estudo e isso complementaria minha renda de forma significativa.
Me surgiram as seguintes dúvidas?
Se eu for ''pego'' comercializando essas mercadorias,poderei sofrer alguma punição que tenha valor penal(que conste como delito e me impeça de entrar em concursos por exemplo)?
O valor de 3000 mil dólares é cumulativo ou não?
Sobre o crime de descaminho,alguém sabe se esse crime também é cumulativo,se no caso de reincidência haveria pena maior?
Na alegação de insignificância,também é cumulativo,no caso de reincidência?
No caso de eu importar várias vezes(por um longo tempo) pequenos valores,poderia haver alguma punição legal?(Pois o valor ultrapassaria os 3 mil dólares no passar do tempo para um mesmo endereço).
No caso de ausência de nota fiscal,quais as punições legais?
Agora,sobre legalizar esse comércio,seria possível cadastrar uma loja que venda outros produtos(roupas) para importar para mim(até 10 mil dólares mensais) e para que eu possa revender?
Como funciona exatamente o Siscomex,se eu me cadastrar como pessoa simplificada poderei revender?
As taxas aplicadas para comerciantes legais são menores do que para pessoas físicas?
Supondo uma mercadoria de 20 dólares,qual seria o valor que ela possuiria no Brasil com impostos para revenda?
Se essa mesma mercadoria for enviada em vários pacotes,cada um de 20 dólares,mas cada um com frete grátis,mas com intuito de revenda,haveria taxa menor de impostos?

São muitas perguntas,mas acredito que isso evitará muitos outros tópicos,além de que são dúvidas cruciais de quem está começando agora.
Caso houver algum consultor ou contador aqui e quiser oferecer seus serviços e tenha essas respostas,entre em contato comigo por MP que responderei assim que possível.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Paulo,

 

Também estou estudando a possibilidade de uma startup similar a sua. No meu caso eu importaria alguns produtos para inclementar o estoque, porque os preços dos fornecedores nacionais para o tipo de produto que pretendo vender estão praticamente iguais aos preços finais de venda. Vou compartilhar com você o pouco que eu sei: (Que outros por favor me corrijam em algum equívoco, também sou novato.)

Não comece nenhuma atividade ilegal. Nenhuma atividade que se inicie de modo informal tem futuro. Faça um planejamento (Procure orientação de uma unidade do SEBRAE em sua cidade, ou visite seu website e contacte-os. Eles certamente se prestarão a ajudá-lo. Ultimamente a Receita Federal está verificando até mesmo remessas de baixo valor/remessas marcadas como 'gift'(presente). E sobre várias remessas de baixo valor, pondere o seguinte: Toda remessa que for tributada lhe sairá 60% mais cara. Ou seja: Custo da mercadoria + frete + 60% do valor total.

 

Se você tiver intenção em importar produtos no montante de R$3.000,00 mensais talvez seja lucrativo você cadastrar-se como MEI (Microempreendedor Individual), onde a contribuição mensal total para manter o CNPJ gira em torno de R$ 33,90 + R$1,00 de ICMS + R$5,00 ISS.

http://www.portaldoempreendedor.gov.br/mei-microempreendedor-individual

 

Para importações você pode contratar os serviços de um despachante que irá formalizar a importação para você. Os serviços giram em média nos R$ 1.000,00. Ou pode informar-se sobre o sistema 'Importa Fácil' dos correios. Por esse sistema o próprio IF fará o desembaraço da mercadoria para você. Porém a taxação do IF (Importa Fácil) vai custar para você em torno de 85% do valor total da remessa em média e é mais demorado: entre 1 e 3 meses mais ou menos.

Quanto ao SISCOMEX eu recomendo a leitura deste link:

http://www.aduaneiras.com.br/canais/roteiros/default.asp?roteiro_id=20#32

Para valores altos, pelo que tenho lido é recomendável tirar o RADAR e contratar um despachante (ou realizar o desembaraço você mesmo.)

 

Sugestão de leitura:

http://www.receita.fazenda.gov.br/aduana/procaduexpimp/despaduimport.htm

http://www.receita.fazenda.gov.br/manuaisweb/importacao/topicos/desembaraco_do_despacho_de_importacao/

http://www.receita.fazenda.gov.br/Historico/srf/Boaspraticas/aduana/SistemaRadar.htm

 


Att.,

 

Asclépio .'.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...