Jump to content
Siscomex - Comércio Exterior
Sign in to follow this  
Siscomex (robô)

[EXAME] Tudo o que você precisa saber antes de o mercado abrir

Recommended Posts

São Paulo – Leia as principais notícias desta quinta-feira (13) para começar o dia bem informado:

As quentes do dia

“Seu pessoal está com a goela muito aberta”, disse Emílio Odebrecht a Lula. “Lembro de, em uma dessas ocasiões, ter disso ao então presidente que o pessoal dele estava com a goela muito aberta. Estavam passando de jacaré para crocodilo’”, contou Emílio por escrito à PGR.

Temer comandou reunião de acerto de propina de US$ 40 milhões, afirma delator. Márcio Faria, executivo da Odebrecht Engenharia Industrial, revelou encontro no escritório político do presidente, em São Paulo.

Estácio conclui investigação e isenta presidente. A empresa investigou denúncias de que Pedro Thompson teria discutido alternativas para inviabilizar a venda para a Kroton.

Banco do Brasil pode passar a ter mais uma vice-presidência. Segundo a coluna Broadcast, do Estadão, nova cadeira terá como foco seguros, previdência e capitalização. Atualmente, o banco tem nove vice-presidências.

Cemig prevê acelerar venda de ativos e concluir principais operações até outubro. A estratégia faz parte de um plano para reduzir o endividamento. Os ativos prioritários são a hidrelétrica de Santo Antônio, a Cemig Telecom, linhas de transmissão e a Gasmig.

Chinesa está perto de comprar fatia de terminal de Paranaguá (PR). A China Merchants está em conversas avançadas com o fundo Advent, segundo o Estadão. A transação, que negocia metade do terminal de contêineres do porto, é estimada em US$ 1 bilhão.

Política e mundo

A estratégia de Temer para neutralizar efeitos da lista de Fachin. A divulgação da lista esvaziou o Congresso na terça e na quarta-feira e ameaça as reformas econômicas impulsionadas pelo governo para enfrentar a recessão. Apesar das tensões, Temer buscou transmitir normalidade durante um evento em Brasília.

“Esse crime todo mundo praticou”, afirma Odebrecht sobre caixa 2. Em delação premiada para o Ministério Público, Marcelo Odebrecht falou que não conhece nenhum político eleito sem caixa dois no Brasil. E nos inquéritos do STF, PT, PMDB e PSDB lideram acusações de corrupção e caixa 2.

Copom leva juros de 12,25% para 11,25%, o maior corte em 8 anos. Foi o quinto corte seguido da Selic, mas com aceleração do ritmo, já que as duas últimas reduções haviam sido de 0,75 ponto percentual. Ainda assim, o Brasil é campeão em juros reais.

Rússia veta na ONU resolução sobre ataque químico na Síria. O texto recebeu dez votos a favor, três abstenções e dois votos contrários, de Bolívia e Rússia, que fez valer seu direito de veto como membro permanente.

Enquanto você desligou…

Após corte na Selic, bancos reduzem juros de empréstimos. Itaú, Bradesco, Santander e Banco do Brasil cortaram taxas cobradas em diversas linhas de crédito depois do anúncio feito pelo Banco Central.

Passageiro arrastado de voo da United inicia ação legal. Advogados fizeram um pedido emergencial para que a companhia preserve gravações em vídeo e outras evidências relacionadas ao incidente.

Petrobras prevê gerar R$31 bi em receita com Libra de 2020 a 2025. Para cumprir o prazo, a petroleira conta com a permissão da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para ser liberada das regras de conteúdo local previstas em contrato.

Raia Drogasil passará a se chamar RD. Embora continue usando a razão social Raia Drogasil S.A. e o ticker RADL3 no pregão da bolsa paulista, a sigla RD será usada para todas as linhas de negócios da companhia.

Agenda do dia

Nos Estados Unidos, saem dados sobre pedidos de auxílio-desemprego e a prévia da confiança dos consumidores da Universidade de Michigan.


Arquivado em:MERCADOS b.gif?host=exame.abril.com.br&blog=11440

Ler artigo completo

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...