Jump to content
Siscomex - Comércio Exterior
Fernando M.

Carta de Crédito Stand-by (Standby Letter of Credit SBLC)

Recommended Posts

Olá!

 

Estou buscando informações sobre as cartas de crédito stand-by (ou standby). Na internet tenho encontrado apenas conceitos acadêmicos, informações bem generalizadas. Porém, estou precisando de informações de como a utilização deste meio de garantia é usada na prática.

 

Preciso saber, entre outros dados, se as informações da carta de crédito standby devem ser mencionadas na documentação, assim como em uma carta de crédito normal, vinculando o embarque à esta carta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Carta de crédito ou Letter of Credit LC é um mecanismo financeiro criado para garantir o pagamento de compromissos por um Banco de negócios efetuados no interesse próprio ou de terceiros e

 

A legislação Básica é a UCP 500. A vinculação da norma no corpo da carta de crédito obriga todas as partes envolvidas a respeitarem e observarem os seus 49 artigos

 

Divide-se em dois tipos:

• Crédito documentário – Utilizadas na aquisição de mercadorias.

Crédito Stanby – Utilizadas em operações de empréstimos ou desempenho regulamentado também pela publicação 590 da CCI.

 

Pela carta de crédito o Banco emitente (Issuing Bank), agindo em nome de um cliente (Applicant)ou no próprio interesse se obriga: art 2

• Efetuar pagamento a um beneficiário (Beneficiary) desde que respeitadas as condições estabelecidas

• Aceitar e pagar saques (drafts)

• Autoriza o banco a negociar contra documento e condições cumpridas

 

Responsabilidade do Banco:

• Pagar

• Autorizar outro banco a pagar (Negotiating Bank)

• Autorizar outro banco a negociar a carta de crédito

 

Responsabilidade do Exportador: O sucesso da operação depende do beneficiário.

 

Personagens envolvidos em uma negociação com crédito documentário.

1. Issuing Bank Banco emitente

2. Applicant – Tomador ou importador conhecido com Opener, Buyer ou Importer

3. Beneficiary – Exportador ou Seller ou Exporter

4. Advising Bank – Banco avisador

5. Negotiating Bank – Banco negociador ( banco autorizado pelo banco emitente a pagar, aceitar ou negociar a carta de crédito).

6. Confirming Bank – Banco confirmador – Assume o compromisso em outro país a pagar em nome do emitente. É o avalista do Banco emitente.

7. Reimbursing Bank – Banco reembolsador. Atua como caixa do Banco emitente. Farpa o reembolso da carta de crédito devidamente autorizado pelo Banco emitente

 

 

Espero ter ajudado :P

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sendo eu o beneficiário de uma standby letter of credit, depois de a receber posso vincular quantas faturas desejar, desde que o total destas faturas não ultrapasse o valor da carta? E quando uma destas faturas vinculadas for liquidada, libera novamente este saldo para uma nova fatura ser vinculada na carta?

 

É mais ou menos nesse sentido operacional que eu estou precisando de ajuda. A parte conceitual tem em diversos sites, mas que não ajuda muito fora do cenário acadêmico.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sendo eu o beneficiário de uma standby letter of credit, depois de a receber posso vincular quantas faturas desejar, desde que o total destas faturas não ultrapasse o valor da carta? E quando uma destas faturas vinculadas for liquidada, libera novamente este saldo para uma nova fatura ser vinculada na carta?

 

É mais ou menos nesse sentido operacional que eu estou precisando de ajuda. A parte conceitual tem em diversos sites, mas que não ajuda muito fora do cenário acadêmico.

 

Martinewski, já tivemos um embarque com carta de credtio tipo stand-by aqui, porem se tratava de uma unica operação de venda. Conforme instrução do nosso banco, preparamos sim toda documentação como as instruções da carta manda, mas em vez de apresentar ao banco, enviamos copias direito para o importador. O mesmo fez o pagamento e nos enviamos os documentos originais a ele. A carta severia apenas para garantia, no caso do não pagamento do importador, poderiamos apresentar os documentos ao banco para exigir do banco emissor o pagamento.

 

Aplicando essa função de garantia para seu caso (diversas vendas cobertas por uma unica carta), acredito que possa sim servir como garantia, desde que na carta não consta que o credito é referente a uma pro-forma especifica. Também vai ter que tomar cuidado com a dada de validade da carta!

 

1 Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

×
×
  • Create New...