Jump to content
Siscomex - Comércio Exterior
Sign in to follow this  
Siscomex (robô)

MDIC lança Plano Nacional da Cultura Exportadora no Paraná

Recommended Posts

Curitiba (26 de abril) – O Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior (MDIC) lançou nesta terça-feira, em Curitiba, no Paraná, o Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE). A ação é o braço regional do Plano Nacional de Exportações, que tem o objetivo de aumentar o número de empresas que operam no comércio exterior e, consequentemente, aumentar as exportações do Estado.

O MDIC e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) mapearam mais de 14.000 empresas paranaenses de diversos setores econômicos, que vão desde empresas do setor de confecções até empresas do ramo moveleiro, que poderão se beneficiar das ações do plano. Segundo o coordenador-geral de Programas de Apoio à Exportação do MDIC, Eduardo Weaver, “apenas no setor de confecções são 4485 empresas e no setor de fabricação de produtos de metal, outras 3982 empresas”.

As ações do plano serão desenvolvidas até 2018. As empresas participantes contarão com uma gama de ferramentas de treinamento, capacitação, consultoria para adequação de produtos, e identificação de mercados. Dentre as principais atividades previstas estão o Projeto Extensão Industrial Exportadora (PEIEX) e as Rodadas de Negócios Brasil Trade da Apex-Brasil; Pesquisa de mercado e videoconferência com os Setores de Promoções Comerciais, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores; Curso de exportação para empresário de pequeno porte, promovido pelo MDIC; Adaptação de produtos para exportação, em parceria com o SEBRAE.

O PNCE é desenvolvido em cinco etapas – sensibilização, inteligência comercial, adequação de produtos e processos, promoção comercial e comercialização. Além disso, conta ainda com três temas transversais para o direcionamento das empresas: financiamento, qualificação e gestão.

No Paraná, o programa conta com apoio de parceiros nacionais e estaduais, como o Ministério do Desenvolvimento Agrário, a Apex-Brasil, o SEBRAE, a CNI, a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), os Correios, o Governo do Estado, entre outros.

PEIEX
Além do lançamento do PNCE no Estado, a Apex-Brasil anunciou a nova fase do Projeto Extensão Industrial Exportadora (PEIEX) que capacita pequenas empresas para a exportação.

A Apex-Brasil e a Fundação Araucária, responsável pelo PEIEX no Paraná, trabalham em parceria desde 2008. No período de 2008 a 2015 foram atendidas 3.733 empresas em quatro núcleos operacionais: Curitiba, Londrina, Maringá e Cascavel. Para o novo projeto – reformulado e adaptado para ampliar sua atuação no período que inicia agora e segue até 2018 – a expectativa é atender 800 empresas em cinco núcleo: os mesmos anteriores acrescidos de Ponta Grossa, que passa a integrar o projeto.

Os setores prioritários para a nova fase do PEIEX são alimentos e bebidas; máquinas e equipamentos; cosméticos e higiene pessoal; casa e construção; tecnologia da informação e metalomecânico. As empresas paranaenses atendidas no âmbito dos Projetos Setoriais da Apex-Brasil têm apresentado bom desempenho ao longo dos anos. Em 2015, a Apex-Brasil apoiou 1.103 empresas, das quais 248 exportaram um total próximo a US$ 4 bilhões para 161 mercados.

“Nós preparamos o empresário para exportar e aproveitar as oportunidades que o mercado internacional oferece”, observa Tiago Terra, supervisor de Competitividade da Apex-Brasil. “Primeiro colhemos informações para fazer um diagnóstico da empresa. Então, atuamos para indicar melhorias pontuais. O mais importante, acredito, é que projeto atende a diversos segmento, desde microempresas com 10 funcionários até empresas de 400 funcionários. Ou seja, a oportunidade é igualitária para todos”.

Rodada de Negócios
Além do lançamento da nova fase do PEIEX no Paraná, a Apex-Brasil também organizou uma rodada de negócios do projeto Brasil Trade, voltado ao atendimento de micro, pequenas e médias empresas com pouca experiência em exportação. Na edição são esperados 10 tradings exportadoras e cerca de 70 indústrias paranaenses dos setores de alimentos e bebidas, casa e construção, higiene e limpeza, vestuário e calçados, máquinas e equipamentos. A última oficina Brasil Trade realizada no Paraná aconteceu em julho de 2014 e teve 14 comerciais exportadoras e 101 indústrias do estado participando.

Balança Comercial do Paraná
Em 2015, o estado foi 5º exportador entre os estados brasileiros e o segundo da Região Sul, respondendo por 37,1% do total de vendas externas da região. Durante o ano passado, as exportações totalizaram U$ 14,9 bilhões e as importações US$ 12,4 bilhões, gerando um superávit superior a US$ 2,4 bilhões.

Nesse período, 51,3% da pauta exportadora do paraná foi composta por produtos básicos, enquanto que os bens industrializados (manufaturados e semimanufaturados) responderam por 47,5%. Os principais itens exportados durante o ano foram soja em grãos, carne de frango, farelo de soja, açúcar em bruto e milho em grãos.

Os principais destinos das exportações do estado foram para a China (que respondeu por 21,6% dos embarques), Argentina (7,3%), Estados Unidos (4,7%), Arábia Saudita (3,9%) e Países Baixos (3,6%).

Assessoria de Comunicação Social do MDIC
(61) 2027-7190 e 2027-7198
imprensa@mdic.gov.br

Redes Sociais:
www.twitter.com/mdicgov
www.facebook.com/mdic.gov
www.youtube.com/user/MdicGovBr
www.flickr.com/photos/mdicimprensa
http://pt.slideshare.net/mdicgovbr

 



Ler o artigo completo...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...